Compartilhamentos

HUMBERTO BAÍA, DE OIAPOQUE

Depois de 40 dias de intensa campanha eleitoral em Oiapoque, a 590 quilômetros de Macapá, Maria Orlanda Marques Garcia (PSDB) foi a grande vencedora.

Ela é natural de Pinheiros (MA), é casada, tem 51 anos de idade, três filhos, e já foi vereadora por três mandatos. Também comandou a Câmara de Vereadores por duas vezes.

A nova prefeitura de Oiapoque é formada em gestão ambiental. Ela já tinha disputado a prefeitura em 2012, ficando em  terceiro lugar.

“Sempre estive perto do povo, e agora esse povo me elegeu prefeita. Estou muito feliz e vamos continuar ajudando agora muito mais. Vamos trabalhar”, disse a prefeita eleita.

Nova prefeitura comemora ao lado de militante. Fotos: Humberto Baía

Nova prefeitura comemora ao lado de militante. Fotos: Humberto Baía

Maria Orlanda teve 4.834 votos, ou seja, 40,26% do total apurado. Ela disputava o pleito contra três empresários importantes da cidade,  dois já foram vereadores e presidentes da Câmara.

Depois do resultado final, a prefeita eleita desfilou em carro aberto e foi seguida por uma multidão a pé pelas ruas de Oiapoque.

Entre os desafios da nova prefeita, estão a recuperação das redes de saúde e educação. Uma das prioridades é a conclusão da obra da Praça Ecildo Crescêncio, que há 7 anos se arrasta.

A orla da cidade, que está desmoronando, também é outra preocupação.

Compra de votos

Durante a eleição em Oiapoque, várias pessoas foram conduzidas pela Polícia Federal por compra de votos, e as ruas da cidade se mantiveram limpas.

Os candidatos respeitaram a resolução do TSE  de não jogar santinhos na via pública.

Compartilhamentos