Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um criminoso foi morto pela Polícia Militar no fim da manhã desta sexta-feira, 4, no Bairro do Pacoval, na Zona Norte de Macapá. A troca de tiros começou com uma perseguição por uma área de pontes e terminou em uma residência onde o criminoso tentou se esconder.

Os policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) foram chamados por moradores que informaram a presença de dois elementos comercializando entorpecentes no fim da Rua Guanabara, já próximo de uma área de pontes.

Diego, de apenas 22 anos, gostou do crime desde adolescente. Foto: Arquivo policial

Diego, de apenas 22 anos, gostou do crime desde adolescente. Foto: Arquivo policial

Quando os PMs chegaram ao local, a dupla percebeu a aproximação e iniciou a fuga.

“Eles começaram a correr e um deles fez um disparo na direção da equipe na tentativa de intimidar a ação, mas os policiais continuaram a progressão, e foi quando os dois se separaram e um deles invadiu uma residência”, explicou o coronel Paulo Matias, comandante do BRPM.

Na frente da casa, o elemento fez mais dois disparos, e os policiais revidaram atingindo o criminoso várias vezes. Ele foi socorrido, mas já chegou morto ao Hospital de Emergência de Macapá.

Casa onde o acusado se escondeu e atirou na PM. Fotos: Olho de Boto

Casa onde o acusado tentou se esconder, e de onde atirou na PM. Fotos: Olho de Boto

Drogas e o revólver com 3 munições deflagradas

Drogas e o revólver com 3 munições deflagradas

O comparsa, ainda não identificado, conseguiu escapar. O bandido morto foi reconhecido como Diego Monteiro Melo, 22 anos, antigo conhecido da PM.                         

Melo tem já tinha 14 passagens pelo Centro Socioeducativo de Internação Masculina (Cesein) e 3 pelo Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), sempre pelos crimes de tráfico de drogas, furto e receptação.

Compartilhamentos