Compartilhamentos

VALDEÍ BALIEIRO

O Amapá esteve presente nos 64º Jogos Brasileiros Universitários. Competição disputada em Cuiabá, Mato Grosso, que reuniu atletas das instituições de ensino superior do Brasil.

Representado nas modalidades coletivas e individuais, o estado obteve bons resultados. Um deles foi com a jovem atleta mesa-tenista, Katisa Lima, 23 anos. Ela foi prata, mas essa não foi a única conquista da atleta. Katisa também se tornou a primeira a conquistar uma medalha para o estado nessa competição universitária. A jovem é estudante de educação física da Universidade Federal do Amapá (Unifap).

6b0d7983-a463-4d57-a5c6-7e6b4766ae5f

Katisa Lima conquistou pela primeira vez medalha no tênis de mesa para o Amapá. Fotos: divulgação

Amapaense chegou até a final, contra adversária da

Amapaense chegou até a final, contra adversária de Manaus

Todos as partidas de Katisa Lima foram muito duras, mas ela atribui a chegada até a final ao grande trabalho feito durante um longo processo de treino.

“A competição é de alto nível e para mim, apesar de ter perdido na final para a atleta de Manaus, é uma grande conquista ter chegado até aqui. É a primeira vez que uma mulher conquista nessa modalidade universitária. Eu já possuo outras conquistas nacionais, mas essa que reúne inúmeros atletas de Seleção Brasileira, é a primeira vez”, contou a atleta Katisa.

Na final, a atleta amapaense enfrentou outra competidora de Manaus que a derrotou por 3 sets a 0. Mas, além da medalha de prata, ela ainda se qualificou para disputar os jogos sul-americanos universitários que acontecerá em 2017, na Colômbia. 

Atleta garantiu

Atleta garantiu vaga para sul-americano

“É muito bom você ver os resultados vindo depois de um longo e intenso trabalho realizado. Quero agora focar nas competições que vem por aí para chegar forte no sul-americano ano que vem”, finalizou Katisa Lima.

Mais medalhas

O Amapá também conquistou medalhas em outras modalidades. Uma delas foi no Handebol onde, por pouco, a equipe masculina da Unifap não conquistou o acesso para a segunda divisão da competição. Em derrota na semifinal para o time da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Goiás, o time amapaense foi disputar o terceiro lugar contra Fajar-Sergipe e conquistaram a medalha de bronze, após um jogo pesado e suado.

Handebol ficou com o bronze

Handebol ficou com o bronze

“Chegar em uma competição e conquistar algo representando bem nosso estado sempre foi nosso maior foco. Principalmente quando essa modalidade não é muito incentivada pelo poder público local. Então, mesmo não sendo o primeiro lugar,  a sensação de ter ficado entre as três melhores universidades já está sendo muito gratificante. Estamos muito feliz e seguiremos nesse caminho para alcançar novos objetivos”, contou o atleta e estudando de ciências biológicas, Henrique Angelim.

O Amapá, participou com uma delegação de 96 pessoas entre dirigentes, técnicos e atletas em diversas modalidades como badminton, corrida de rua, judô, natação, natação paralímpica, tênis de mesa e xadrez. A delegação conseguiu o maior número de medalhas do desporto universitário Amapaense na competição.

Foram 3 medalhas de ouro na natação paralímpica, com Amanda Silva – UEAP; prata no judô, com Samila Coelho – Unifap; prata no tênis de mesa feminino, Katisa Lima – Unifap; bronze no tênis de mesa masculino,  Daniel Carvalho – Estácio/SEAMA e Bronze no Handebol masculino – UNIFAP.

Compartilhamentos