Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Apesar de 2016 ser considerado um ano de aguda crise financeira, a Fecomércio do Amapá estima um Natal positivo e com boas chances de recuperação nas vendas do comércio amapaense. A expectativa é de muitas promoções e 500 vagas para contratação temporária.

“Nós tivemos uma diminuição de vendas em todo o ano. Esse temor diminui no fim de ano e traz uma expectativa melhor para o Natal. A meta é que isso melhore no Natal e que a gente receba 2017 com otimismo”, frisou o presidente da Fecomércio, Eliezir Viterbino.

Vagas temporários são oportunidade para quem tem qualificação e está foda do mercado. Fotos; Cássia Lima

Vagas temporários são oportunidade para quem tem qualificação e está fora do mercado. Fotos: Cássia Lima

De acordo com Viterbino, para atrair consumidores os lojistas farão em Macapá e Santana muitas promoções e queimas de estoque, especialmente nas vésperas de feriados e no início de janeiro, como ocorre tradicionalmente.

“Teremos agora a Black Friday, além disso, vamos ter promoções de até 80%, queima de estoque em janeiro e outras surpresas por aí. Não esperamos recuperar todo o dinheiro do ano, mas temos certeza de um natal que ajuda o segundo semestre do comércio”, pontuou o presidente.

Eliezir Virtebino:

Eliezir Virtebino: promoções de até 80% de desconto

Além de o momento ser bom para os empresários, deve ser mais oportuno ainda para quem busca um emprego. A estimativa é que sejam ofertadas 500 vagas para contratação temporária. Nada comparado as mais de mil do ano passado, mas já é um começo para sair da crise.

promocoes-no-natal-2

Vagas ofertadas em 2016 são praticamente metade em relação ao ano passado

“Teremos um bom número de vagas temporárias no comércio. Essas contratações são uma oportunidade para contratos fixos para quem tem qualificação e está fora do mercado. Com certeza, vagas para vendedores serão as mais ofertadas”, disse.

Compartilhamentos