Compartilhamentos

SELES NAFES

O rapaz que matou acidentalmente o irmão de apenas 8 anos com um tiro de espingarda, esta semana, se apresentou à policia e assumiu a culpa pelo crime. Durante depoimento, ele chorou bastante, e lamentou o acidente que tirou a vida de seu irmão mais novo.

Apesar do sentimento, Idelmo da Silva Alves, de 22 anos, será indiciado por homicídio culposo.

“Ele disse que estava limpando a arma, e quando mexeu no mecanismo da arma houve o disparo que atingiu o irmão que estava sentado em uma cadeira”, relatou o delegado Ronaldo Coelho, titular da Delegacia Especializada em Crimes contra a Pessoa (Decipe).

A tragédia ocorreu na última terça-feira, 22, na área de pontes da Travessa Gregório Matos, no Bairro do Muca, Zona Sul de Macapá. Ao perceber que o irmão estava sem vida, o jovem tentou recarregar a arma para cometer suicídio, mas foi impedido por outro irmão.

Tragédia no Muca: falta de preparo causou morte do menino, diz a polícia. Foto: Olho de Boto

Tragédia no Muca: descuido causou morte do menino, diz a polícia. Foto: Olho de Boto

O acidente ocorreu quando os irmãos e a mãe se preparavam para ir à feira. Depois da morte, o rapaz fugiu, mas se apresentou acompanhado de advogado.  

Ainda em depoimento na delegacia, Idelmo Alves chorou muito, e disse que havia comprado a espingarda para defender a família, já que a residência onde moram havia sido furtada várias vezes.

Delegado Ronaldo Coelho: pessoas compram armas sem ilegal e não possuem formação adequada

Delegado Ronaldo Coelho: pessoas compram armas ilegais e não possuem formação adequada

“As pessoas se utilizam dessa prática de comprar armas ilegais, mas não possuem formação para manusear. Essa espingarda não tem trava. As armas mais modernas possuem travas de segurança, mas essas armas velhas de caça não são seguras. Se encostar o dedo ela dispara”, comentou o delegado.

Ronaldo Coelho ainda vai ouvir os pais da criança, e aguardar a conclusão de laudos e da pesquisa de antecedentes criminais do jovem. O menino que morreu era irmão do jovem por parte de mãe. 

Compartilhamentos