Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A Delegacia Especializada de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) prendeu duas pessoas transportando 4kg de maconha em um moto-táxi no cruzamento da Rua Diógenes Silva com Hamilton Silva, no Bairro do Trem. O mototaxista ganharia a importância de R$ 200 pelo transporte da droga.

O mototaxista Ezequiel

O mototaxista Ezequiel. Disse que ganharia dinheiro pelo transporte da droga. Fotos: Olho de Boto

Ezequiel Conrado da Silva, de 41 anos levava Carla Daiane de Mendonça Mafra, de 30 anos, quando foram abordados por uma equipe da Polícia Civil. Ezequiel tem passagem pelo Iapen por tráfico de drogas, chegou a ficar 16 dias preso, mas estava respondendo em liberdade.

Carla ainda amamenta o filho, que foi levado por familiares para a delegacia

Carla ainda amamenta o filho, que foi levado por familiares para a delegacia

“Nossa equipe percebeu que eles ficaram nervosos com a nossa presença e conseguimos abordá-los. Encontramos logo de cara 4kg de maconha e ele disse que a corrida lhe renderia R$ 200”, explicou o delegado Sidney Leite que assumiu recentemente a DTE.

Os dois foram encaminhados para a delegacia e lá os familiares foram chamados. A polícia descobriu que Carla tem uma filha de colo, e ainda a amamentou na delegacia. A apreensão é resultado de um trabalho intenso da DTE.

Delegado Sidney

Delegado Sidney Leite. Trabalho de apreensão será intensificado

“Você vê o quanto um trabalhador tem que trabalhar durante o mês para ganhar 200 reais. Agora eu pergunto se esse dinheiro vale a pena um dia na penitenciária por tudo isso. Eu acho que não. Aquelas pessoas que estão pensando em dinheiro fácil tomem cuidado porque vamos intensificar nosso trabalho”, frisou o delegado.

O casal não falou para onde a droga estava sendo transportada e nem quem pagaria por ela. Ambos esperam audiência de custódia, onde o juiz que vai decidir o destino do mototaxista e da mulher. A família da Carla está tomando conta da criança que foi levada apenas para amamentação, em seguida voltou para a família dela novamente.

Droga apreendida na ação

Droga apreendida na ação

“De ontem pra hoje já nos mobilizamos e estamos satisfeitos com a missão do delegado Sidney e com o novo trabalho dele aqui. Precisamos muito do apoio da Secretaria de Segurança Pública (Sejusp) e o delegado assume a entorpecentes já trazendo bons resultados”, avaliou o delegado Ronaldo Coelho, que deixa a DTE para assumir a Delegacia de Homicídios.

Compartilhamentos