Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Apesar de colecionar 16 medalhas, o jovem paratleta Thiago dos Santos, de 12 anos, tenta conseguir passagens para competir no V Open Internacional de Jiu Jitsu, que ocorre dia 10 de dezembro em Belém, no Pará. O sonho do jovem é representar o Amapá.

Thiago, que já ganhou diversas vezes fora do estado, ainda precisa vencer fora do tatame para chegar ao ponto de disputar as competições. A principal dificuldade é a falta de patrocínio.

Thiago dos Santos e a mãe, Jady,

Thiago dos Santos e a mãe, Jady Campos. Sonho do garoto é seguir representando o Amapá em torneios. Fotos: arquivo pessoal

O adolescente nasceu com artrogripose múltipla, uma doença congênita rara que se caracteriza por articulações fracas e fibrose fazendo com que as pernas sejam curvas. Mas a deficiência nunca o impediu de sonhar.   

Mesmo morando numa casa alugada na ponte, no Bairro do Muca, o adolescente conseguiu doações de passagens para competir no mundial de jiu-jitsu em julho em São Paulo. Lá, ele se consagrou campeão mundial na categoria peso galo.

“Esse é o sonho dele e fazemos de tudo para realizar. No momento estou desempregada, mas agora tenho que cuidar diretamente da rotina dele. Ele já conseguiu a inscrição no evento, o que falta é nossa passagem”, diz a mãe Jady Campos.

Área de ponte onde a família mora. Dificuldades não impedira Thiago de chegar longe no jiu jitsu

Área de ponte onde a família mora. Dificuldades não impedira Thiago de chegar longe no jiu-jitsu

As dificuldades são muitas na vida do paratleta. Começando pela locomoção

As dificuldades são muitas na vida do paratleta. Começando pela locomoção

Ela revela que vive de doações e também com o beneficio que o filho recebe. Com esse dinheiro, ela ainda sustenta os outros irmãos. A família chegou a mudar de casa, mas voltaram para a ponte após ter suas coisas furtadas e ficarem sem dinheiro. A família ganhou um apartamento, no Conjunto Residencial Jardim Açucena, que ainda está em fase de construção, mas só deve ser entregue no próximo ano.

Coleção de medalhas conquistadas

Coleção de medalhas conquistadas

Mesmo com as dificuldades de mobilidade e financeiras, Thiago treina todos os dias da semana na academia Urso Team Pegadas do Amanhã com a equipe Alliance, localizada no Bairro do Zerão. Lá ele recebe o apoio do professor Enos Marques.

“Eu quero trabalhar, mas não posso porque o Thiago estuda de manhã, faz terapia, tem educação especial e ainda treina a noite. Sou eu quem o acompanho nas atividades. Queria muito ter ajudar de realizar o sonho dele”.

campeao-amapaense

Terapia, estudos e treinamento. Uma vida disciplinada e na esperança da consolidação de uma carreira profissional

A mãe pede ajuda para a passagem e até cestas básicas para a família. As doações podem ser feitas pela Agência: 0658, Operação 013, Conta Poupança 50758-0, da Caixa Econômica Federal no nome de Jacione Campos dos Santos, tia do adolescente. Mais informações com a mãe de Thiago, no telefone (96) 99202-9865.

Compartilhamentos