Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Polícia Civil do Amapá espera recambiar ainda esta semana o principal suspeito de matar o sargento da Polícia Militar, Agenildo Quaresma Ferreira Júnior, de 35 anos. O acusado foi preso no último dia 4 na cidade de Santarém (PA) em rota de fuga.

Cleber Pantoja de Lima, de 22 anos, teve a prisão decretada pela Justiça, mas a representação feita pela Polícia Civil só foi atacada pelo juiz depois que o suspeito já havia fugido. Mesmo assim, ele estava sendo monitorado por uma equipe de investigação do Amapá liderada pelo delegado Sandro Torrinha.

“Ele ia ficar escondido pelo Pará, com certeza”, comentou o delegado.  

Armas estavam escondida no quintal de uma casa. Foto: PC/Divulgação

Armas estavam escondida no quintal de uma casa. Foto: PC/Divulgação

CERPM encontrou as armas, entre elas a pistola do sargento

CERPM encontrou as armas, entre elas a pistola do sargento

Para a polícia de Santarém, Cleber Lima informou extraoficialmente onde estava escondida a arma do sargento e a que foi usada por ele para matá-lo. A polícia de Santana recebeu a informação e foi até o endereço indicado pelo acusado, um matagal numa área de pontes.

As armas estavam realmente no local, escondidas no tronco de uma árvore. Eram a pistola Ponto 40, do policial; e uma arma caseira.

No dia 23 de outubro, um domingo, o sargento Agenildo Júnior estava de folga e decidiu ir até uma área de pontes na tentativa de resgatar um irmão usuário de drogas. Ele estava em uma boca de fumo.

Houve confusão na casa onde o irmão estava. O sargento foi alvejado, e ainda revidou. Ferido, ele ainda foi espancado a pauladas e teve a arma roubada. O sargento foi socorrido com vida, mas morreu horas depois no Hospital de Emergência de Santana.

Cleber Lima, de 22 anos, continua preso em Santarém

Cleber Lima, de 22 anos, continua preso em Santarém. Foto: PC/PA

De acordo com o diretor do Departamento de Polícia Interestadual (DPI) do Amapá, Uberlândio Gomes, o acusado do homicídio será recambiado para Macapá em avião de carreira.

“Estamos esperando apenas a aquisição das passagens, que deve ocorrer no máximo amanhã (quarta-feira, 9). Mandaremos dois agentes para buscá-lo em Santarém”, informou o delegado.  

Compartilhamentos