Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um jovem de 16 anos foi executado a tiros logo após a saída de um culto evangélico no Bairro do Matadouro, no Distrito da Fazendinha. Segundo a Polícia Militar, a vítima foi morta com 6 disparos.

O crime ocorreu por volta das 21h50min, na Rua Santa Teresinha. Walasse Queiroz dos Santos havia acabado de sair de uma igreja localizada próxima da casa onde morava com os pais. Ele foi em casa, trocou de roupa e voltou para a rua. 

Testemunhas disseram à polícia que a vítima estava sentada em uma calçada com um grupo de rapazes quando dois homens chegaram em uma motocicleta preta e efetuaram vários disparos em direção ao grupo. Walasse Santos morreu no local. 

Peritos recolhem cápsulas de munição ponto 40. Fotos: Olho de Boto

Peritos recolhem cápsulas de munição ponto 40. Fotos: Olho de Boto

Os criminosos fugiram e ainda não foram identificados. Apesar de o crime ter sido visto por várias pessoas, a polícia sabe pouco até agora sobre a motivação do homicídio.

“Pouca gente quis falar sobre o que aconteceu e não falaram quase nada. Fizemos a pesquisa sobre a vida da vítima no sistema no Ciodes (Centro Integrado de Operações em Defesa Social), só que nada consta contra o rapaz”, comentou o sargento Cristian da Silva, do 1º Batalhão da Polícia Militar.

A mãe da vítima garantiu que o filho trabalhava como ajudante de pintor com o pai, e que sempre frequentava a igreja.

Apesar de várias pessoas terem testemunhas, a PM recebeu poucas informações

Apesar de várias pessoas terem testemunhas, a PM recebeu poucas informações

“Um menino falou que quando saiu da igreja ele ficou aí conversando aí. Pra mim mataram a pessoa errada. A justiça de Deus tarde, mas não falha. Por mais que ele fosse um marginal, ninguém tem o direito de tirar a vida de uma pessoa assim”, disse com dificuldade a mãe do rapaz.

Peritos da Polícia Técnica do Amapá (Politec) estiveram no local e encontraram cartuchos de munição Ponto 40.

Compartilhamentos