Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um roubo frustrado terminou com as vítimas feitas reféns no Bairro Renascer, Zona Norte de Macapá, na madrugada deste domingo, 11. Um dos assaltantes morreu em troca de tiros com o Batalhão de Operações Especiais (Bope).

No fim da noite de sábado, 10, por volta das 23h20min, uma residência na Rua Roma foi invadida por dois criminosos armados que anunciaram o assalto. A família foi surpreendida e rendida pelos criminosos que agiram com muita violência à procura de objetos para roubar.

Durante o assalto, uma viatura do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) passou pelo local. Os policiais perceberam que algo suspeito estava ocorrendo na residência e decidiram parar.

Parentes de "Ticone" acompanham a negociação. Fotos: Olho de Boto

Parentes de “Ticone” acompanham a negociação que durou 3 horas. Fotos: Olho de Boto

Quando os bandidos perceberam a aproximação dos policiais, os cinco moradores da casa viraram reféns. As vítimas tiveram armas apontadas para a cabeça e foram ameaçadas.

O Bope foi acionado e começou uma intensa negociação. Um dos bandidos foi identificado como Dione Oliveira de Souza, de 29 anos, o “Ticone”, detento do regime semiaberto. A família dele foi chamada e parentes acompanharam as negociações.

Depois de três horas de diálogo, Ticone se rendeu e liberou todos os reféns. Ele tinha uma arma de fogo que foi apreendida. No entanto, os moradores informaram que o segundo criminoso havia fugido da residência. Ele havia pulado o muro dos fundos do terreno.

A arma usada pelo bandido...

A arma usada pelo bandido…

...que ainda não foi identificado

…que ainda não foi identificado

“Como as equipes haviam cercado o quarteirão nas proximidades, recebemos denúncia de um vizinho que ligou para o Ciodes informando que havia um criminoso no seu quintal portando uma arma de fogo. Fomos até o local e encontramos o elemento. Foi dada a ordem para que ele largassem a arma de fogo, mas ele disparou contra os nossos policiais”, relatou o tenente Hércules, do Bope.

Os policiais revidaram e atingiram o bandido que foi levado para o Hospital de Emergência de Macapá (HE) onde já chegou morto.

Um revólver calibre 38 foi apreendido com ele. As vítimas reconheceram o criminoso que foi apontado como o mais violento durante o assalto. O bandido tinha dinheiro e joias nos bolsos.

Ticone liberou todos os reféns e se entregou

Ticone liberou todos os reféns e se entregou

Detento não comparecia no Iapen havia 5 dias

Detento não comparecia no Iapen havia 5 dias

“Esses criminosos tiveram a informação de que o dono da casa trabalha com comércio de joias, por isso decidiram fazer o assalto”, informou o oficial do Bope.

Até o início da manhã deste domingo, o assaltante morto ainda não havia sido identificado pela polícia.

Ticone foi apresentado no Ciosp do Pacoval e já foi transferido para o Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), onde não aparecia para dormir havia cinco dias.  

Compartilhamentos