Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Terá abertura provisória a partir do mês de janeiro de 2017, a Ponte Binacional, localizada sobre o Rio Oiapoque, na fronteira entre o Amapá e a Guiana Francesa.

O anúncio foi feito durante a manhã desta quarta-feira, 7, em Caiena, Guiana Francesa, durante a X Reunião da Comissão Mista de Cooperação Transfronteiriça França-Brasil.

O governador do Estado, Waldez Góes lidera a comitiva oficial do Amapá, na Reunião da Comissão Mista do evento.

“A obra está em perfeito andamento e, ao longo do próximo semestre, deverá ser concluída. No entanto, não há impedimento para que as regiões, governos e embaixadas fechem aqui uma estratégia para abertura provisória. Os prazos foram repactuados e as tratativas serão feitas com todos os órgãos regionais”, disse o governador.

Obra da Ponte Binacional está finalizada desde 2011. Foto; arquivo/SELESNAFES.COM

Obra da Ponte Binacional está finalizada desde 2011. Foto; arquivo/SELESNAFES.COM

Dia de testes e funcionamento

De acordo com informações do Governo do Estado do Amapá, a abertura provisória será limitada para carros de passeio e à população da região de fronteira do município de Oiapoque pelo lado brasileiro e a cidade de St. Georges pelo lado francês.

O transporte de cargas e passageiros em linhas internacionais ainda ficarão restritos na abertura provisória.

No dia 16 de janeiro, das 8 às 17h, ocorre um dia de simulações da abertura provisória da ponte. Os dispositivos já concluídos da obra serão testados e as condições de segurança da obra avaliadas.

Depois do dia de testes, o local será fechado por alguns dias novamente para possíveis ajustes, e terá a abertura provisória prevista para a última semana de janeiro.

A Ponte Binacional foi finalizada em 2011. No momento, o pátio aduaneiro do lado brasileiro está sendo construído. A estrutura é uma condicionante para a abertura oficial. As atividades da Receita e da Polícia Federal serão iniciadas após essa etapa.

Foto destaque: Marcelo Loureiro

Compartilhamentos