Compartilhe

ANDRÉ SILVA

A mulher do comerciante que foi baleado na tarde de segunda-feira, 26, contou os momentos de terror que viveu ao lado do marido, durante um assalto. Ela pegou uma coronhada na cabeça e levou seis pontos, enquanto o esposo recebeu três tiros, sendo que uma das balas perfurou o pulmão. Domingos Moreira, de 46 anos, passou por cirurgia e está em observação.

Maria das Graças é comerciante e já mora no Amapá há mais de 20 anos. Ela e o marido, com quem tem quatro filhos, têm um estabelecimento comercial no Bairro Brasil Novo, Zona Norte de Macapá. Eles foram assaltados em frente a agência da Caixa Econômica Federal, no Bairro São Lázaro, quando iam fazer um depósito no valor de R$ 20 mil.

Maria das Graças

Maria das Graças ficou com seis pontos na cabeça da coronhada que levou dos criminosos. Fotos: André Silva

Ela conta que quando pararam o carro no estacionamento do posto de combustível que fica ao lado de uma sorveteria, um homem em uma moto falando ao celular parou logo depois. Maria das Graças então desceu do carro, e em seguida desceu o marido.

“Quando eu vou indo em direção ao banco só ouço o indivíduo da moto dizendo: ‘ela vai chegando aí’. Só deu tempo de passar da sorveteria quando um cara saiu correndo de trás dos carros que ficam parados em frente a distribuidora. Ele chegou na minha frente com uma arma, apontou para a minha cabeça e disse: ‘passa a bolsa, passa a bolsa’. Eu ainda pensei em resistir, eram R$ 20 mil. Nem acreditei, achei que estava sonhando. Quando senti o revólver na minha testa eu entreguei o dinheiro”, contou a comerciante.

Estabelecimento comercial que o casal é proprietário

Estabelecimento comercial que o casal é proprietário

Maria das Graças disse que nem sentiu na hora em que o assaltante deu uma coronhada em sua cabeça. O golpe provocou um corte que precisou de seis pontos para ser fechado. Quando ela entregou a bolsa, o marido começou a gritar para populares que passavam próximo dizendo que haviam sofrido um assalto. A mulher não percebeu que o motoqueiro era o comparsa do assaltante.

“Não imaginávamos que o cara da moto seria o comparsa dele. Assim que o meu marido gritou ‘pega ladrão’, saiu gente pra todo lado, com isso o segurança da distribuidora começou a atirar e o garupa da moto também começou a disparar e foram esses tiros que atingiram o Domingos”, narrou a comerciante.

O comerciante Domingos Moreira foi socorrido por populares, após ser atingido. Foto: enviada por testemunhas

O comerciante Domingos Moreira foi socorrido por populares, após ser atingido. Foto: enviada por testemunhas

Segundo Maria das Graças, o marido levou três tiros. O médico disse que ele ficará 48h em observação. A cirurgia para a retirada da bala correu bem. Um dos tiros perfurou o pulmão, outro o fígado e o terceiro ela não soube dizer. Domingo de Moraes já está fora de perigo.

A família é muito querida pela vizinhança e pelos clientes que frequentam o estabelecimento. Enquanto a equipe do Portal SELESNAFES.COM estava no local, pessoas chegavam a todo o momento procurando informações sobre a vítima.

Compartilhe