Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Foi confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) nesta quarta-feira, 28, o primeiro óbito por febre chikungunya no Amapá.

A vítima fatal é uma mulher, de 46 anos, que faleceu no dia 29 de setembro no Hospital de Santana, onde estava internada. A paciente morava em Macapá e se deslocou aos municípios de Mazagão e Santana a trabalho.

A causa de sua morte só foi confirmada em dezembro, depois de investigação do setor de epidemiologia da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (CVS). Além do chikungunya, a vítima também contraiu malária no mesmo período. 

Diminuição dos casos no AP

O boletim epidemiológico que divulga o primeiro óbito por chikungunya também segue apontando uma redução dos casos no Amapá.

Segundo o Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), no ano passado foram confirmados 951 casos e no mesmo período deste ano foram 171 casos. Uma redução de 82%.   

Compartilhamentos