Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

Quando chove em Santana, município que fica a 17 km de Macapá, a Rua José Deolindo da Silva, no Bairro Nova Brasília II, se transforma numa imensa lagoa. Os moradores têm de enfrentar muita lama para seguir viagem. Os prejuízos com a suspensão de veículos é grande.

Há dois anos, segundo moradores da região, a Prefeitura de Santana iniciou serviços de terraplanagem na via, mas a obra não avançou.

Rua José Deolindo, no Bairro Nova Brasília II

Rua José Deolindo, no Bairro Nova Brasília II. Há dois anos, obras de terraplanagem não avançaram. Fotos: Fernando Santos

Ruas sem condição de tráfego

Ruas sem condição de tráfego

Adailson Campelo: pescaria

Adailson Campelo: pescaria

“Na época, nós fizemos uma manifestação aqui na rua. Até uma pescaria foi feita, mas o prefeito não resolveu o problema. Toda vez que chove a via fica assim, parecendo com uma lagoa”, informou o autônomo Adailson Campelo.

A situação se repete na Rua Miguel de Bulhões, no Bairro Nova Brasília I. De um lado a outro, uma grande cratera toma conta da via. A lama tem atrapalhado a rotina dos moradores. A situação precária, já dura mais de 3 anos.

Rua Miguel de Bulhões

Rua Miguel de Bulhões, no Nova Brasília I. Mesma situação

Na Avenida Rui Barbosa, Bairro Central de Santana, os buracos ainda são pequenos, mas são dezenas. O tráfego de veículos é ruim no local.

O Portal SELESNAFES.COM tentou falar com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Resíduo Sólidos de Santana, mas não conseguiu contato.

Avenida Rui Barbosa

Avenida Rui Barbosa. Via no centro de Santana em que condições do asfalto atrapalha veículos

Nova gestão municipal

O prefeito eleito, Ofirney Sadala (PSC), durante cerimônia de diplomação ocorrida no dia 06 de dezembro, prometeu trabalhar para melhorar o saneamento básico e asfaltamento de Santana logo nos primeiros meses de mandato.

Compartilhamentos