Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Em menos de 24 horas, o segundo corpo de uma criança foi encontrado na orla de Macapá no início da tarde desta quinta-feira, 8.

De acordo com o relato de testemunhas que estavam nos restaurantes do complexo Beira-Rio, um garoto morador de rua, conhecido pelos usuários e funcionários dos estabelecimentos, foi visto próximo do Trapiche Eliezer Levy, por volta de 10h da manhã.

Testemunhas viram o corpo boiando no rio e pediram ajuda, mas já era tarde. Fotos: Olho de Boto

Testemunhas viram o corpo boiando no rio e pediram ajuda, mas já era tarde. Fotos: Olho de Boto

Já por volta das 14h, um casal que namorava no trapiche identificou algo boiando no rio.

“Pensávamos que era uma boia ou algo assim, mas depois percebemos que era um corpo e pedimos socorro”, disse Jaciane Oliveira.

Menino foi reconhecido como morador de rua por funcionários e pela dona de um dos quiosques da Beira-Rio

Menino foi reconhecido como morador de rua por funcionários e pela dona de um dos quiosques da Beira-Rio

O corpo do garoto foi retirado do rio e reconhecido por uma das donas dos quiosques como sendo realmente do garoto que andava com frequência pelo complexo pedindo alimento.

Cristiano Ronaldo: garoto saiu para jogar vídeo game e foi encontrado morto no Amazonas

Aparentemente, o segundo caso de afogamento na orla da cidade em menos de um dia não tem relação com o afogamento do menino Cristiano Ronaldo.

Cristiano Ronaldo. Garoto também foi vítima de afogamento na tarde de quarta-feira. Duas mortes em menos de 24 horas

Cristiano Ronaldo. Garoto também foi vítima de afogamento na tarde de quarta-feira. Duas mortes em menos de 24 horas

Cristiano havia desaparecido depois de informar para o pai que iria jogar vídeo game na tarde de quarta-feira, 7, conforme noticiado no portal SELESNAFES.COM.

Seu corpo foi encontrado próximo da Fortaleza de São José, boiando no Rio Amazonas. O menino morreu afogado por causas ainda desconhecidas.

Alerta

O tenente Adriano Macedo do 6º Batalhão da Polícia Militar, que participou do resgate do corpo de dentro do rio faz um alerta.

“Nós vemos com frequência crianças de 7, 8, 9 anos entrando no rio, o que pode ocasionar uma fatalidade como essa. Fica o alerta aos pais para ter cuidado”, lamentou o policial.

Polícia alerta perigo de deixar crianças sozinhas no Rio Amazonas

Polícia alerta perigo de deixar crianças sozinhas no Rio Amazonas

Além de estar em condição de rua, a criança também foi reconhecida por populares como usuária de crack na área. A Polícia Técnica (Politec) foi acionada e realizou a remoção do corpo do local. Nenhum familiar foi encontrado até o momento da retirada do garoto do rio.

 

Compartilhamentos