Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Vicente Cruz disse ter sido convidado pelo governador Waldez Góes para ser o novo secretário de Cultura do Estado em 2017. O cargo atualmente é ocupado pelo auditor Carlos Matias.

O anúncio foi feito durante a posse do novo secretário de Desporto e Lazer, Júnior Maciel, na tarde da última terça-feira, 20, no Palácio do Setentrião.

Cruz foi titular da Sedel durante quatro meses, e sai para assumir uma pasta onde tem mais afinidade. Ele é presidente da Liga das Escolas de Samba do Amapá (Liesap), que esse ano apresentou o novo plano de negócios do Carnaval 2017 buscando captar R$ 5 milhões.

O futuro secretário de Cultura do Estado voltou a afirmar que os os desfiles esse ano não vão depender de recursos estaduais, e confirmou que os desfiles oficiais acontecerão nos dias 25 e 26 de fevereiro de 2017.

De acordo com Vicente Cruz, as escolas já estão trabalhando para captar recursos sem esperar pelo aporte do governo.

“Estamos trabalhando juntos com as escolas buscando recursos financeiros para viabilizar os projetos para os desfiles, e elas estão trabalhando compreendendo esse novo modelo implantado na minha gestão”, disse Cruz.

O novo Plano de Negócio para o Carnaval 2017 foi apresentado em novembro. A ideia é captar recursos junto a iniciativa privada.

O presidente negou que escolas estejam se recusando desfilar sem investimento do governo. 

Em 2016, não houve desfile das escolas de samba no Amapá. O governo já adiantou que no próximo ano vai disponibilizar apenas a estrutura física para os desfiles.⁠⁠⁠⁠

Não foi anunciado ainda se Vicente Cruz assumirá a Secult antes ou depois do Carnaval.

Compartilhamentos