Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Celulares, entorpecentes e bebida artesanal foram mais uma vez encontrados em celas no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen), durante revista na manhã desta quinta-feira, 1.

Uma guarnição de agentes penitenciários comandou a vistoria, junto com homens do Batalhão de Operações Policiais da Polícia Militar (Bope). A busca iniciou às 6h da manhã e terminou às 9hs e inspecionou as 23 celas do pavilhão F3, conhecido como “Fechadão” que possui 254 presos condenados.

13 celulares encontrados no Pavilhão F3

15 celulares encontrados no Pavilhão F3. Fotos: Divulgação

Ao todo, foram encontrados 15 celulares, alguns papelotes de entorpecentes e diversas garrafas de bebida artesanal chamada de “biricutico”, que são feitas pelos próprios presos, além de ferramentas de fugas como marreta e pé de cabra.

“Nós fizemos a segurança dos agentes. Para isso, retiramos os presos das celas e colocamos em local seguro e os vigiamos enquanto os agentes do Iapen faziam a revista. Nessa parte nós demos apoio com o canil para detectar entorpecentes”, disse o comandante da 2ª Companhia de Choque do Bope, capitão Wilson Santana.

Agentes investigarão origem do material

Agentes investigarão origem do material apreendido

O capitão informou ainda que orientou os agentes a apurar como celulares e entorpecentes entram no instituto já que, historicamente, é comum apreensão desse tipo de material em vistorias.

Há casos, inclusive, de detentos que cometem extorsões, comandam assaltos e outros crimes usando telefones.

Compartilhamentos