Compartilhe

GRAZIELA MIRANDA

O vereador Acácio Favacho (PROS), de 33 anos, foi eleito pela terceira vez consecutiva presidente da Câmara Municipal de Macapá (CMM). O parlamentar, que disputou contra o vereador Gian do Nae (PT do B), obteve 13 dos 23 votos da Casa. A eleição da mesa diretora, referente ao biênio 2017/2018, foi realizada neste domingo (1º), no plenário da CMM, após a cerimônia de posse dos eleitos.

A eleição foi uma das mais disputadas dos últimos anos na Câmara, com vários vereadores trocando de lado várias vezes. A eleição refletiu a disputa entre as forças políticas que controlam atualmente o Amapá. A chapa de Gian do Nae tinha o apoio do prefeito Clécio Luis (REDE), e Acácio tinha como padrinho o governador Waldez Góes (PDT).  

O clima estava tão acirrado que o Ministério Público do Estado enviou um observador para acompanhar a sessão. O promotor Afonso Guimarães foi designado para a missão, e foi chamado para compor a mesa dos trabalhos.

Eleição foi realizada após a cerimônia de posse. Fotos: Graziela Miranda e Seles Nafes

Eleição foi realizada após a cerimônia de posse. Fotos: Graziela Miranda e Seles Nafes

A sessão para a realização do pleito foi conduzida pelo vereador de maior idade, Nelson Souza (REDE). O voto foi aberto, e no início da noite o resultado foi anunciado: 13 x 10. Votaram a favor do vereador Acácio Favacho:

Diego Duarte (PTN), Pastor Dídio (PRP), Auciney Maciel (PSDB), Diogo Sênior (PMB), Japão (PDT), Marcelo Dias (PPS), Odilson Nunes (PRB), Patriciana Guimarães (PRB), Rayfran Beirão (PR), Cláudio Góes (PDT), Ruzivan Pontes (SD) e Yuri Pelaes (PMDB).

 A mesa diretora passa a ser composta pelos vereadores:

Presidente, Acácio Favacho

1º vice-presidente, Diego Duarte (PTN)

2º vice-presidente, Pastor Dídio

1º secretário, Yuri Pelaes (PMDB)

2º secretário, Marcelo Dias (PPS)

Acácio Favacho é o primeiro na história do município a ser eleito presidente da CMM três vezes. Ele destacou que uma de suas metas é dialogar com o Executivo municipal para reformular o Plano Diretor de Macapá, que, segundo ele, não é atualizado há mais de cinco anos.

Promotor de Justiça, Afonso Guimarães, foi enviado como observado da eleição

Promotor de Justiça, Afonso Guimarães, foi enviado como observador da eleição

Acácio Favacho: regulamentar bairros

Acácio Favacho: regulamentar bairros

“Precisamos regulamentar os bairros que ainda não foram regulamentados, identificar a delimitação deles e nos aproximarmos mais das comunidades. Sobre a Câmara, pretendo adequar o prédio para os 23 vereadores com a finalidade de darmos qualidade de trabalho à Casa para que possamos atender melhor a população e fazer um trabalho mais próximo das comunidades”, afirmou.

Compartilhe