Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Moradores do Bairro Beirol, zona sul de Macapá, bloquearam a Rua Hamilton Silva no início da noite desta quarta-feira, 18, no segundo protesto em uma semana contra as péssimas condições da Avenida Maria Creuza Mendes de Holanda. O grupo chegou a atear fogo em pneus e nas barricadas e desbloquearam a rua depois que a polícia chegou.

beirol 1

Moradores chegaram a bloquear rua. Fotos: André Silva

O protesto, que ocorreu em horário de pico, prejudicou o fluxo do trânsito no local. Para seguir viagem, os motoristas tinham que fazer o retorno. Alguns reclamavam e outros, porém, eram solidários com a causa. Os moradores gritavam palavras de ordem, enquanto mais pessoas se aglomeravam.

“A rua está intrafegável e toda vez que chove alaga a casa dos moradores. No ano passado, a prefeitura esteve aqui, mas ficou só nisso mesmo, e isso já se arrasta há cinco anos”, protestou Lucas Silva, de 22 anos.

beirol 2

Problema se arrasta há 5 anos

Alguns moradores dizem que a situação está insustentável e que não há condições de trafegabilidade na rua. Segundo eles, algumas crianças já chegaram a cair no local e os idosos tem dificuldade em sair de casa.

“Queremos que a prefeitura tome providências quanto a isso. Só vamos descansar depois de ver nossa rua asfaltada”, disse a estudante Mariana Rabello, de 28 anos.

Crianças já sofreram acidentes passando pelo local, segundo relatos

Crianças já sofreram acidentes passando pelo local, segundo relatos

Eles programam outras ações ainda esta semana. Após uma hora, a rua foi liberada pela polícia e o trânsito fluiu normalmente.

Formação de lama na via é drama para quem mora no local

Formação de lama na via é drama para quem mora no local

Segundo Lucas Silva, a Secretaria Municipal de Obras (Semob) esteve na avenida na manhã desta quinta, 19, fazendo imagens do local e falando com os moradores. Uma reunião foi agendada com moradores e técnicos da secretaria que vai acontecer na próxima terça-feira, 24.

Compartilhamentos