Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Os moradores da Avenida Maria Creuza Mendes de Holanda, no Bairro Beirol, zona sul de Macapá, respiraram aliviados nesta quinta-feira, 26, após a chegada da equipe da prefeitura que deu início a manutenção da avenida. Eles já tinham feito dois protestos para pedir providências ao poder público. Durante as chuvas o local ficava intrafegável.

Período de chuva dificulta passagem de carros e pedestres no local. Fotos; André Silva

Período de chuva dificulta passagem de carros e pedestres no local. Fotos: André Silva

“Parece que protestar ainda tem seus efeitos positivos e vale muito a pena, apesar de ser uma solução paliativa”, disse Maicon de Souza, de 20 anos.

Ele e os vizinhos participaram das duas manifestações que houve na Rua Hildemar Maia, onde atearam fogo em pneus e barricadas chegando a atrapalhar o trânsito naquele local. A primeira aconteceu no dia 13 de janeiro e a última no dia 19.

Moradores fizeram dois protestos fechando a rua em janeiro

Moradores fizeram dois protestos fechando a rua em janeiro

A avenida já havia sido asfaltada em 2011, mas devido às chuvas e o trânsito de carros no local, foi perdendo sua massa asfáltica e os buracos foram aparecendo até a lama tomar conta.

“Agora parece que vai melhorar nossa situação aqui. Não precisaremos mais por os pés na lama e só andar por cima da calçada quando não, pelos quintais dos vizinhos. Mesmo que seja improvisado, até o verão chegar, já melhora e muito nossa situação”, salientou Mariana Rabelo pereira de 25 anos.

Rua asfaltada após protesto Beirol (2)

Mariana Rabelo: não será mais preciso por os pés na lama

A Semob informou que no primeiro momento está realizando o serviço de drenagem e em seguida fará a terraplanagem. A segunda etapa do serviço, o asfaltamento, vai acontecer após a abertura do orçamento do município.

Compartilhamentos