Compartilhamentos

SELES NAFES

A Polícia Civil do Amapá está investigando casos de arrombamentos de veículos onde os criminosos estão usando uma nova tecnologia. Eles conseguem interceptar o sinal remoto na hora em que o motorista aciona o travamento das portas. Com os dados capturados, eles conseguem decodificar o segredo das fechaduras e abrir os carros.

As investigações estão sendo realizadas pelo Núcleo de Operações e Inteligência (NOI). Todos os casos registrados ocorreram em dezembro passado, e envolveram carros da Chevrolet.

“Pode ter sido uma coincidência. É possível que carros de outras fábricas também estejam vulneráveis a esse novo método”, observa o delegado Alan Moutinho, do NOI.

Os arrombamentos ocorreram na orla de Macapá, Centro e no estacionamento do Amapá Garden Shopping. Nos cinco casos, os criminosos levaram objetos que estavam nos veículos, entre eles duas pistolas, sendo uma Ponto 40, e outra 380.

Por enquanto, os bandidos nem tentaram levar os carros. O foco parece ser somente os objetos no interior deles. Algumas ações foram filmadas por câmeras de segurança, e mostram criminosos diferentes, por isso ainda não é possível afirmar que se trata de uma quadrilha, ou vários bandidos agindo individualmente.

Prevenção simples

Apesar da tecnologia empregada pelos ladrões, existe um meio simples de se prevenir.

“Para abrir a porta pode usar o controle remoto, mas para fechar é melhor fechar direto na chave. São dois códigos que o remoto emite: um para fechar e outro para abrir. Quando a pessoa abre a porta, ela vai embora com o carro. Então, o que interessa para os bandidos é o código que trava as portas e alarmes”, ensina o delegado.

Alan Moutinho pede que as pessoas denunciem os envolvidos ligando para o Ciodes (190) ou para o Whatsapp do NOI, que é o 99202-6000.

 

Compartilhamentos