Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

O Banco do Brasil disse que ainda nesta terça-feira, 31, vai ressarcir todos os servidores públicos que tiveram desconto indevido gerado por empréstimos consignados. A informação dada pela manhã durante reunião do Instituto de Defesa do Consumidor (Procon) com representantes bancários de Macapá.

Segundo o Banco do Brasil, o desconto nas contas correntes dos servidores do Estado ocorreu por causa de um erro no sistema. Mas que, devido às reclamações, já foi detectado e será devolvido.

Diretor-presidente do Procon, Eliton Franco: problemas nas agências detectadas na Operação Cronômetro devem ser corrigidos. Fotos: Cássia Lima

O reembolso do desconto foi apenas uma das pautas que norteou a reunião desta manhã. Durante o encontro, foram apresentados os resultados da “Operação Cronômetro”, que fechou 2 das 26 agências fiscalizadas e que pertencem ao Banco do Brasil, Bradesco, Santander, Itaú e Caixa Econômica.

????????????????????????????????????

Procon apresenta demandas da população em relação as instituições bancárias

“Os bancos se manifestaram e já negociamos a criação de um canal de diálogo para providenciar melhorias no que diz respeito à demora do atendimento, emissão de senhas, atendimento prioritário e ausência de pessoal, que foram as principais infrações da operação”, ressaltou o diretor-presidente do Procon, Eliton Franco.

A reunião foi acompanhada por representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AP), Ministério Público Estadual (MPE) e Ministério Público Federal (MPF) que avaliaram e opinaram sobre os dados de atendimento do Procon.

????????????????????????????????????

Evandro Zulianne, da Febrabam: diminuição do tempo nas filas foi uma das propostas recebidas

Ao todo, o Procon Amapá realizou 12.093  atendimentos, sendo que 40% foram demandas sobre serviços essenciais, assuntos financeiros, 39%; serviços privados, 9,31%; produtos, 12,88%; saúde, 3,32%; habitação, 0,18%; e alimentos, 0,14%.

“Nós recebemos a demanda dos atendimentos bancários, ouvimos tudo e já fazemos propostas como, por exemplo, diminuir o tempo nas filas. Vamos fazer a lição de casa para dialogar com os órgãos e de fato trazer melhorias para a próxima reunião”, destacou o gerente da Diretoria de Auto Regulação da Federação Brasileira de Bancos (Febrabam), Evandro Zulianne.

A próxima reunião do Procon com os bancos está marcada para o dia 23 de março. O momento será de avaliação das propostas e se o acordo está sendo cumprido. 

Compartilhamentos