Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

A rede de farmácias Big Ben encerrou suas atividades no Amapá A empresa paraense com mais de 250 lojas espalhadas em 58 municípios, contava com três pontos que atendiam somente  capital, Macapá. 

Entre os possíveis motivos para o fechamento, estão a crise econômica e a própria concorrência, especialmente com as mais populares. A quantidade de farmácias explodiu em Macapá nos últimos anos. 

A empresa completou 26 anos de funcionamento em 2016 e ganhou fama no ramo de medicamentos por oferecer preços baixos e acrescentar departamentos de eletrônicos e outros produtos.

A rede está presente nos estados do Pará com 129 lojas, no Maranhão com 20 lojas, no Piauí com 15, em Pernambuco com 69 (onde também passa por problemas), na Paraíba com 11 lojas e em Alagoas com 6 lojas.

Loja na Rua Leopoldo Machado foi a primeira a fechar. Fotos: Seles Nafes

Loja na Rua Leopoldo Machado foi a primeira a fechar. Fotos: André Silva

Além do Amapá, a rede encerrou suas atividades também em Fortaleza no início deste ano, onde funcionavam 6 lojas.

“Aqui já faltavam medicamentos desde o segundo semestre do ano passado. A situação piorou com a crise”, disse um funcionário que não quis se identificar.

A reportagem do portal SELESNAFES.COM falou com ele enquanto carregava um caminhão com os objetos de dentro da loja que funcionava na Rua Leopoldo Machado, no Bairro do Trem. Essa foi a primeira loja a fechar.

Depois da loja da Leopoldo Machado, foi a vez da unidade da Rua Hildemar Maia no Bairro Buritizal, zona sul de Macapá, e em seguida a da Rua Guanabara, no Bairro do Pacoval. Não se sabe quantos trabalhadores ficaram desempregados. 

Big ben fecha lojas em Macapá (1)

Loja do Pacoval foi a última a fechar as portas

Compartilhamentos