Compartilhe

GRAZIELA MIRANDA

A Universidade de Samba Boêmios do Laguinho festeja nesta segunda-feira (2), a partir das 21h30, os 63 anos de criação da agremiação. O evento será realizado na sede da escola de samba, localizada no Bairro do Laguinho.

A programação conta com show de pagode, exposição do Instituto Municipal de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Improir) sobre Africanidade, apresentação da Bateria Pororoca, marabaixo e homenagens a ex-presidentes e pessoas que apoiaram o Boêmios nesses 63 anos, como Francisco Lino da Silva, o coreógrafo Lucas Nobre e mestre Bené, por exemplo. Na ocasião, os ex-presidentes receberão o título “Presidentes para Sempre”.

boemios-do-laguinho-63-anos-1

Jocildo Lemos, presidente da agremiação: povo do Laguinho está em festa. Fotos: Graziela Miranda

A programação será encerrada com a apresentação da banda Negro de Nós. Segundo a organização do evento, a expectativa é de receber entre 1 mil e 1,5 mil pessoas.

“Essa festa é uma forma de resgatarmos toda a trajetória que o Boêmios percorreu nesses 63 anos de existência. E o povo do Laguinho está em festa porque eles tem a escola como uma parte da família. A maior parte dos moradores do bairro são apaixonados pelo Boêmios do Laguinho”, afirmou o presidente da agremiação, Jocildo Lemos.

Ainda de acordo com o presidente, a escola conquistou 27 títulos no Carnaval amapaense ao longo dos 63 anos, sendo que o último aconteceu em 2014 quando a escola levou para a avenida quase 2 mil brincantes, distribuídos em 13 alas e 4 alegorias com o enredo “’É Boêmia, amor”.

Para o Carnaval 2017, a escola preparou o enredo “Belezas Africanas, dádiva que a Mãe África mandou”. Ainda para este ano, o Boêmios promete iniciar o projeto Intérpretes do Amanhã, voltados para as crianças do Laguinho, para futuramente torná-las intérpretes da escola. Atualmente, a agremiação conta com a escolinha de mestre sala e porta bandeira.

boemios-do-laguinho-63-anos-4

Fernando Canto, Jocildo Lemos e Francisco Lobo

O Boêmios do Laguinho é a primeira escola de samba do Amapá. Ela foi criada no dia 2 de janeiro de 1954 em uma esquina da Avenida Mãe Luzia por um grupo de amigos, como mestre Bené, Francisco Lino, mestre Biluca, dentre outros, que tinham o objetivo de incentivar a cultura do samba. Atualmente, a escola está situada na Avenida General Osório, entre as Ruas Eliezer Levy e General Rondon, no Bairro do Laguinho. A estrutura conta com o “Theatro do Samba do Boêmios do Laguinho”, montado em 2014 e considerado uma das maiores conquistas da agremiação.

Serviço:

Aniversário de 63 anos da Universidade Boêmios do Laguinho

Local: Sede do Boêmios do Laguinho – Av. General Osório, entre Eliezer Levy e General Rondon – Laguinho.

Data: 2 de janeiro

Hora: 21h30
Ingresso: R$ 10,00

Compartilhe