Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Os seis corpos da família amapaense que morreu carbonizada em um acidente na BR-010, em Imperatriz, no Maranhão, foram sepultados na manhã desta sexta-feira, 20, no cemitério São José, na zona sul de Macapá. O clima foi de muita tristeza.

Muitos parentes e amigos da família compareceram no velório, no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço. Às 10hs, os corpos do professor Fábio Xavier da Silva Araújo, Baltazar Eurípedes de Sousa, de 71 anos, Maria do Socorro Nascimento Feitosa, de 51 anos, Rafaella Sousa Xavier, 31 anos, Victor Sousa Xavier, 12 anos e Vanessa Sousa Xavier, 4 anos, saíram em cortejo pela cidade.

Velório e cortejo da família. Fotos: Cássia Lima

Velório e cortejo da família. Fotos: Cássia Lima

“É uma tragédia na vida de todos nós. Ainda não acreditamos nessa fatalidade. Nenhuma palavra irá expressar neste momento nossa dor pela perda do professor Fábio e sua família”, lamentou a ex-aluna do professor, Mariana Gomes, de 28 anos.

O velório foi marcado por homenagens de amigos do professor e por servidores da escola onde as crianças estudavam. Um culto foi realizado pelo pastor Oton Alencar e o corpo seguiu para um cortejo que passou pela orla da cidade, pela frente da casa da família e em frente a escola onde o professor lecionava.

Velório no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço

Velório no Centro de Convenções João Batista de Azevedo Picanço

Em todos os pontos que o cortejo parou houve palmas e muitas lágrimas à família. Muitos docentes da Ueap (Sindueap), Técnicos (Sintec-Ueap), Servidores Públicos em Educação do Amapá (Sinsepeap), professores da Universidade Federal do Amapá (Unifap) e da Universidade Federal do Pará (UFPA), onde Fábio Xavier cursava doutorado lamentaram a perda.

Parentes mais próximos da família preferiram não gravar entrevistas e agradeceram as orações e conforto dados a eles.

Familiares e amigos prestaram a última homenagem à família

Familiares e amigos prestaram as últimas homenagens à família

Acidente

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o professor Fábio levava a família em um carro na BR-010, quando teria perdido o controle ao passar por cima de um buraco na pista. Desgovernado, o veículo bateu na lateral de um caminhão, colidindo com uma caminhonete e por último, batendo com um segundo caminhão.

O impacto fez com que o carro fosse arremessado para trás e fez com que o motor fosse arrancado. O motorista e os cinco passageiros morreram queimados antes da chegada da equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

velório e cortejo da família (3)

Culto marcou despedida dos seis integrantes da família

Compartilhamentos