Compartilhamentos

GRAZIELA MIRANDA

Diversas lojas do centro de Macapá e dos dois maiores shopping centers iniciaram as liquidações do mês de janeiro. As promoções são praticadas em estabelecimentos que comercializam roupas, calçados, acessórios, cosméticos, móveis e eletrodomésticos.

Segundo o vice-presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo no Amapá (Fecomércio-AP), José Arimatéia Araújo, em todos os anos muitas lojas realizam as liquidações no mês de janeiro.

“São lojas de roupas, sapatos, eletrodomésticos que buscam nesse período uma forma de atrair consumidores, visto que em janeiro as vendas caem muito. Vale lembrar também que não são todas as lojas que fazem liquidações. Além disso, os períodos de liquidação variam de loja para loja (no centro comercial) e de shopping para shopping”, explicou.

Janeiro para muitas lojas é o mês de liquidação. Fotos: Graziela Miranda

Janeiro para muitas lojas é o mês de liquidação. Fotos: Graziela Miranda

A cozinheira Silvana Damasceno conta que deixou de fazer compras em dezembro para aproveitar os descontos do início de ano.

“Em muitas lojas, a gente vê que os preços estão bons. Mas em muitas, eu sinto que esses descontos são falsos. É como se eles aumentassem o valor original do produto e dessem o falso desconto. Então é necessário que os consumidores estejam muito atentos e pesquisem muito na hora de comprar”, afirmou Silvana Damasceno.

????????????????????????????????????

Silvana Damasceno: compras em janeiro são mais em conta

A gerente de uma sapataria localizada no centro de Macapá, Joevanda Cavalcante, explica que o objetivo dos descontos na loja em que ela trabalha é de atrair clientes, pois para ela a movimentação no mês de dezembro não atingiu a meta esperada.

“A gente está dando descontos para atrair o público e suprir o que não conseguimos vender em dezembro. Então espero que a gente tenha boas vendas nesse período”, disse.

Joevanda Cavalcante: dezembro não atingiu meta esperada

Joevanda Cavalcante: dezembro não atingiu meta esperada

O gerente de marketing de um shopping localizado no bairro do trem, Cacá de Oliveira, explica que a campanha de desconto visa gerar fluxo de venda e tornar os lojistas mais atrativos e impulsionar o consumidor com campanha de promoção. Cada segmento tem o seu parâmetro de desconto.

Em um shopping, localizado no Bairro do Trem, a lojista Dayse Nobre conta que com o baixo movimento que acontece em janeiro de todos os anos, as vendas sempre diminuem, e que, por isso, ela espera que a campanha de descontos atraia o público.

????????????????????????????????????

Produtos que não saíram no fim do ano ganham descontos e atrai público que pretende economizar

“É um atrativo para movimentar o comércio. E nós, lojistas, esperamos vender muito neste período. Mas mesmo assim temos a consciência de que a economia não está fácil. Por isso, é importantíssimo termos um diferencial no atendimento, sabermos divulgar o nosso produto, manter a nossa vitrine atrativa para termos um bom resultado”, declarou.

Para este período, o vice-presidente da Fecomércio-AP orienta os consumidores a fazerem pesquisas de preço e prazo antes de comprarem qualquer produto.

“Além disso, orientamos também aos consumidores que realmente tenham intenção de comprar produtos, que comprem neste momento, pois esses descontos são os melhores que tem para se aproveitar”.

jose-arimateia-fecomercio

José Arimateia: melhor época para comprar e economizar

O período de descontos no centro comercial de Macapá varia de loja para loja. De acordo com a Fecomércio, o período pode ser até o final do mês dependendo do estoque de cada estabelecimento comercial. No shopping do Bairro do Trem, as liquidações acontecem no período de 5 a 15 de janeiro. E no shopping do Bairro Universidade, algumas lojas já iniciaram campanhas de desconto, mas oficialmente, todas elas entrarão em promoção no período de 9 a 15 de janeiro.

Compartilhamentos