Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Um homem foi preso na tarde desta quinta-feira, 12, acusado de cultivar maconha em casa. Segundo a PM, ele mantinha dois vasos da planta em cima do telhado para esconder da vizinhança, mas uma denúncia anônima levou os policiais até o imóvel.

A casa fica na área de pontes da Passagem Ana Nery, no Bairro Perpétuo Socorro, zona leste de Macapá, onde também fica a famosa “Caesinha”. Equipes do 6º Batalhão da PM receberam denúncia pelo Whatsapp e foram até o local por volta das 16h. Vários elementos que estavam no imóvel conseguiram fugir, mas um morador da casa foi preso.

Policiais avistam a maconha em cima do telhado. Fotos: Olho de Boto

Policiais avistam a maconha em cima do telhado. Fotos: Olho de Boto

Em cima do telhado estavam os dois vasos que foram apreendidos e levados para o Ciosp do Pacoval junto com o acusado.

“São pés grandes, o que demonstra que já estavam no telhado há algum tempo. O apoio da população foi fundamental, e a gente pede à sociedade que possamos continuar com essa união. Depois da denúncia a identidade será sempre mantida em sigilo”, garantiu o aspirante a oficial Carlos Morais.

Carlos Madiano Maciel dos Santos, de 31 anos, foi preso, e disse que assumiria a culpa, apesar de alegar que as plantas pertencem a um irmão. 

Carlos Santos chega ao Ciosp com os vasos

Carlos Santos chega ao Ciosp com os vasos

Acusado culpou o irmão, mas disse que ia assumir

Acusado culpou o irmão, mas disse que ia assumir

“Vou assumir, não tem jeito. A casa é do meu pai. Falei pro meu irmão jogar fora de lá, mas ele não quis me ouvir, é demais ignorante”, defendeu-se.

Carlos Santos confessou já ter passagem pela polícia. Ele teria chegado a ficar durante cinco dias no Instituto de Administração Penitenciária do Amapá (Iapen) acusado de lesão corporal.                         

Compartilhamentos