Compartilhe

OLHO DE BOTO

Um criminoso de 18 anos foi morto numa troca de tiros com policiais do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM) na madrugada desta quarta-feira, 11. Foi a terceira morte de bandidos em tiroteio com a PM em menos de 24h no Amapá.

Os policiais estavam atendendo a uma ocorrência de briga generalizada em uma boate na Avenida Diógenes Silva, no Bairro do Buritizal, zona sul da capital, quando foram avisados por um taxista que um assalto estava em andamento em um posto de combustíveis na Rua Claudomiro de Morais com a Avenida 1º de Maio.

Houve perseguição até o fim da Avenida Paraná, já em comunidade de palafitas.

“Ao tentar fazer a abordagem, um dos indivíduos disparou contra a viatura e os dois fugiram para uma área de pontes. Um deles, quando tentou reagir novamente contra a equipe, foi alvejado e socorrido até o HE, aonde o elemento veio a óbito”, relatou o comandante do BRPM, coronel Paulo Matias.

Arma apreendida: 3 tiros disparados. Fotos: Olho de Boto

Arma apreendida: 3 tiros disparados. Fotos: Olho de Boto

O acusado morto foi identificado como Amiraldo Lima Lopes. O comparsa dele fugiu. O dinheiro da renda do posto foi recuperado pelos policiais, mas o celular do frentista não foi encontrado.

O comandante do BRPM fez uma avaliação sobre o comportamento de alguns bandidos que têm preferido reagir atirando contra a polícia.

“Ontem ocorreu com o 2º Batalhão para vocês observarem a audácia dos elementos armados tentando medir forças com um órgão de segurança pública. Mas estamos preparados pra defender a sociedade contra esses criminosos que não medem esforços contra os nossos policiais e muito menos contra o cidadão desarmado”, observou o coronel.

Assaltante de 18 anos morreu no HE

Amiraldo Lima Lopes, de 18 anos, morreu no HE

Sobre o horário do roubo, 5h30min, o comandante do BRPM disse que tem sido normalmente nesse horário (de sono mais profundo) que os criminosos têm agido.

“Mas também é nesse horário que a PM está mais ativa”, concluiu. 

Compartilhe