Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

O menino Carlos Guilherme, diagnosticado com leucemia em Macapá, viajou na noite deste domingo, 19, para São Paulo, onde dará início ao tratamento contra a doença. Antes da viagem, o garoto, de 3 anos, recebeu agasalhos de frio, brinquedos, calçados e uma quantia em dinheiro. Tudo doado por pessoas que leram a matéria sobre o caso no portal SELESNAFES.COM e que ligaram para a ONG Carlos Daniel, que iniciou a campanha pela internet.

Entrega das doações ocorreu na frente do Hospital da Criança. Fotos: Ong Carlos Daniel/divulgação

Entrega das doações ocorreu na frente do Hospital da Criança. Fotos: Ong Carlos Daniel/divulgação

Sem prestar maiores esclarecimentos, o presidente da ONG Carlos Daniel, Agenilson Pereira, foi proibido pela administração do Hospital da Criança e do Adolescente (HCA) de ver o menino e entrar na unidade. A entrega ocorreu em frente ao prédio e tudo foi repassado à mãe.

“Disseram que eu não podia entrar e tirar fotos entregando os presentes. A administração está levando para o lado pessoal”, disse Agenilson Pereira.

Menino recebeu brinquedos, roupas e uma quantia em dinheiro

Menino recebeu brinquedos, roupas e uma quantia em dinheiro

O portal SELESNAFES.COM entrou em contato com Jucicleia Bento Pinheiro, de 27 anos, mãe do menino, por telefone. Ela disse que a primeira consulta aconteceu na manhã desta, segunda-feira, 20, e que Carlos Guilherme passa bem e que passará por uma nova bateria de exames que servirá de contra prova para o diagnóstico dado em Macapá. Ela agradeceu a todos que contribuíram.

30 dias internado

A criança já estava há mais de 30 dias internada e foi diagnosticada com o câncer. Jucicleia Bento Pinheiro, disse que os sintomas da doença começaram a aparecer há quatro meses quando o menino disse que estava pendendo as força nas pernas e que não conseguia mais andar. Ele passou a ir para a escola e a realizar outras tarefas do dia-a-dia no colo.

 Carlos Guilherme e a mãe já estão em SP, para o tratamento do garoto

Carlos Guilherme e a mãe já estão em SP, para o tratamento do garoto

Compartilhamentos