Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

Há uma semana centenas de estudantes começaram a frequentar o novo prédio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (Ifap), campus/Santana, que foi construído às margens da Rodovia Duca Serra. Mas a travessia da rodovia é perigosa, devido a falta de sinalização.

“É muito complicado de atravessar aqui pra chegar ao Ifap. Os carros passam em alta velocidade. O risco é grande”, afirmou o estudante, Rozildo Neto.

Servidores discutem problema. Fotos: Fernando Santos

Servidores discutem problema. Fotos: Fernando Santos

As obras do Ifap em Santana estão 100% concluídas, mas o prédio ainda não foi inaugurado. Mesmo assim, para não prejudicar o calendário escolar, as aulas já estão ocorrendo.

De acordo com a professora Ângela Utzig, a carência de sinalização na Rodovia Duca Serra vem sendo discutida desde o ano passado, mas até agora nada foi feito para melhorar a situação.

“Do muro pra dentro, o Ifap está em plena condições de atender sua clientela, mas do lado de fora é preciso que o poder público atue”, comentou a professora.

No mesmo trecho vários acidentes já ocorreram

No mesmo trecho vários acidentes já ocorreram

A noite o perigo é ainda maior por causa da falta de iluminação pública. O vereador de Santana, Fabiano Leandro, informou que protocolou ofícios na Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) solicitando uma faixa de pedestre. Caso o pedido não seja atendido, o parlamentar pretende discutir o caso na Câmara de Vereadores.

“Estamos requerendo ao poder público, principalmente para a Setrap, que é a secretaria responsável pela rodovia. O Ifap fica no perímetro urbano de Santana, por isso estamos intervindo”, justificou o vereador.

Acidentes no trecho são muito comuns. Na semana passada, uma caçamba colidiu com uma picape quando os veículos trafegavam no sentido contrário. Ainda no mesmo trecho, outros acidentes com vítimas fatais já foram registrados.

Compartilhamentos