Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Foi capturada na tarde de domingo, 26, a dupla responsável pelo assassinato de padrasto e enteado, no Bairro Universidade, zona sul de Macapá.

Denilson Morais dos Santos, 20 anos, e Raylan  dos Anjos Campos, 19 anos, vulgo “Pablo”, confessaram o crime. Eles estavam escondidos nas proximidades do Canal do Beirol, também na zona sul.

Espingarda calibre 16 encontrada com a dupla. Fotos: Olho de Boto

Espingarda calibre 16, encontrada com a dupla. Fotos: Olho de Boto

As vítimas foram mortas  dentro da casa onde moravam. Edivaldo da Silva Santos, 46 anos, e Felipe Andrade Cavalcante, de 17 anos, foram atingidos com uma arma de fogo usada pelos dois infratores.

A equipe do 1º Batalhão da Polícia Militar (1º BPM), responsável pela captura, chegou até o local onde Raylan e Pablo estavam escondidos graças a colaboração da população, por meio de denúncias anônimas. Os policiais estavam desde a madrugada no encalço dos suspeitos.

Raylan e Pablo teriam uma desavença com uma das vítimas

Raylan e Pablo teriam uma desavença com uma das vítimas

Com eles foi encontrada a arma usada, uma espingarda calibre 16 que estava escondida debaixo de uma casa, próxima ao local do crime.

“Eles confessaram o crime. Populares da passarela também informaram que eles vinham aterrorizando os moradores e que os dois são conhecidos pela prática de roubos e furtos”, disse o tenente Alberto, do 1º BPM.

Felipe ainda chegou a pedir para que algozes poupassem a vida da mãe. Jovem foi morto na cozinha

Felipe ainda chegou a pedir para que algozes poupassem a vida da mãe. Jovem foi morto na cozinha

O caso

Edivaldo da Silva Santos e seu enteado, Felipe Andrade Cavalcante, foram executados a tiros na madrugada de domingo, na casa onde moravam,  na Passagem Boa Fé, no Bairro Universidade.

De acordo com os moradores, o alvo dos criminosos era Felipe, que tinha uma desavença com Raylan e Pablo, por conta de uma caixa de som vendida por Felipe e não paga para a dupla. O objeto seria oriundo de roubo.

O padrasto foi o primeiro a ser morto com um tiro no rosto na sala da casa. Depois de apelar pela vida da mãe, o menor foi morto com um tiro no rosto quando estava na cozinha.

Compartilhamentos