Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Uma multidão tomou as ruas do Centro de Macapá, na tarde desta terça-feira, 28,  para acompanhar o maior bloco de sujos do Amapá pela 52ª vez. 

Confetes, fantasias e muita alegria marcaram a Terça-Feira Gorda. Mesmo debaixo de chuva, os brincantes do bloco A Banda levaram irreverência com colorido e brilho para as ruas da cidade.

A Banda começou o cortejo às 15h

A Banda começou o cortejo às 15h

Um mar de gente saiu quando já eram mais de 15h da Praça Veiga Cabral com destino a Praça do Barão, em um cortejo que reunia amigos e familiares. 

Há dez anos, o Jorge do Videokê sai fantasiado de padre. Ele diz que com a fantasia quer representar a presença de Deus na festa. Disse que desde 1987 acompanha o bloco. 

Jorge do Videokê vestido de padre: homenageando o Grande Criador. Fotos: André Silva

Jorge do Videokê vestido de padre: homenageando o Grande Criador. Fotos: André Silva

banda 11

Pastor e os homens-bombas convertidos

“Deus está em todo lugar e para representar isso, mas com todo o respeito ao Grande Criador, é  que me visto assim”, extravasou o brincante. 

Os tradicionais bonecos Arizinho, Cutião, Chicona,  Iracema, Wanderley e o Anhanguera dançavam embalados pelos trios elétricos. 

Paredões de auto-falante tocavam de tudo

Paredões de auto-falante tocavam de tudo

Turma do Mortal Kombat

Turma do Mortal Kombat

Fãs do portal SELESNAFES.COM

Fãs do portal SELESNAFES.COM

Em cada esquina da Rua Leopoldo Machado, o ritmo mudava. Os paredões de auto-falantes montados na carroceria das picapes tocavam do sertanejo ao funk do Rio de Janeiro.

A Polícia Militar ainda não soube estimar o número de brincantes deste ano.

banda 14

Fantasia sem economia no brilho e cores chamou a atenção

banda

Trios elétricos arrastaram a multidão

banda 1

Compartilhamentos