Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Cinco dia após a apreensão de quase uma tonelada de pescado em período de defeso, novamente a fiscalização encontra uma grande quantidade sendo comercializada novamente no Igarapé das Mulheres, no Bairro Perpétuo Socorro, na zona Leste de Macapá.

Durante a madrugada desta terça-feira, 7, fiscais do Instituto do Meio Ambiente e Ordenamento Territorial (Imap), recolheram 500kg de peixes das espécies mapará, taumatá, aracu e curimatã.

Pescado foi doado para comunidades carentes. Fotos: Imap/divulgação

Pescado foi doado para comunidades carentes. Fotos: Imap/divulgação

A mercadoria estava no navio Seamar IV, vindo de Santarém e acabara de atracar. O pescado estava sem as documentações necessárias, como a nota fiscal, guia de transporte e a guia de origem.

O responsável pelos produtos não foi encontrado e o pescado seguiu para ser doado para o Abrigo São José, Igrejas Quadrangular e Assembleia de Deus e para os moradores da ponte Tiago Flexa, no Bairro Buritizal.

Compartilhamentos