Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

Já estão a caminho do Qatar-Doha, no oriente médio, os 15 garotos do Amapá selecionados para o Mundial de Futebol Sub-13. A delegação é chefiada pelo presidente da Federação Amapaense de Futebol (FAF), deputado federal Roberto Góes (PDT-AP).

Os meninos foram escolhidos numa peneira em Macapá após a visita, no fim do ano passado, do vice-presidente da Confederação Brasileira de Desporto Escolar, Antônio Hora.

O embarque, ocorrido na segunda-feira, 6, foi cheio de empolgação dos atletas e emoção dos pais. Não faltaram selfies.

Pais acompanharam o embarque em Macapá, na foto com o presidente da FAF, Roberto Góes

Pais acompanharam o embarque em Macapá, na foto com o presidente da FAF, Roberto Góes. Fotos: FAF/Divulgação

A ida do Amapá é o fruto de uma parceria entre a Confederação, a FAF e o governo do Amapá. Na América do Sul, apenas o Brasil e o Chile foram convidados.

Além de Roberto Góes, o time amapaense também está sendo acompanhado pelo técnico Romeu Figueira, e o presidente do Desporto Escolar do Amapá, Armindo Rogério.

A delegação do Amapá permanece até o dia 16 no Qatar, país que é rico em petróleo e gás natural, e faz fronteira com o Irã.

Foram muitas selfies..

Foram muitas selfies…

...também com os dirigentes

…no embarque cheio também com os dirigentes

Todos os atletas são alunos da rede pública selecionados em uma peneira que começou com 100 garotos, e, depois de várias eliminatórias, fechou em 15 jogadores de 11 a 13 anos.

Eles foram treinados em sessões diárias na Praça Nossa Senhora da Conceição, das 8h às 11h e das 13h às 17h30min, sob a coordenação do professor Romeu Figueira.

Eles ganharam uniformes oficiais do Brasil,  hospedagem e alimentação custeadas pela CBF.

Compartilhamentos