Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Há dias vem chovendo forte em boa parte do Estado e a previsão do Núcleo de Meteorologia do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Estado do Amapá (Iepa) é de mais chuvas. A tendência, segundo o núcleo, é de aumento até o mês de março, quando ela atingirá seu pico.

De acordo com o meteorologista Jeferson Vilhena, até a manhã desta quinta-feira, 9, já havia chovido 180 milímetros e a média para o mês de fevereiro é de 350 mm  de água, mas, segundo o especialista, esse volume pode ser ultrapassado e chegar aos 400 mm.

Período de chuva é motivo de preocupação em todo o estado. Foto: Seles Nafes

Período de chuva é motivo de preocupação em todo o estado. Foto: Seles Nafes

Os municípios onde as chuvas caem com mais intensidade são Calçoene, Oiapoque e Amapá.

“Parte das cabeceiras das bacias já estão recendo um quantitativo de água muito grande. Nossa preocupação é quando essas águas escoarem para os rios, principalmente o Rio Jari, Araguari e Oiapoque”, explicou o especialista.

Jeferson Vilhena:

Jeferson Vilhena: Volume de água acima do esperado deve fazer rios transbordarem

Nessas bacias existem cidades como no Laranjal do Jari, Porto Grande e Ferreira Gomes. Segundo ele, se o volume de chuva aumentar muito as pessoas que moram nesses municípios vão precisar ser remanejadas para lugares altos.

Compartilhamentos