Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, veio ao Amapá nesta sexta-feira, 17, para acompanhar a entrega de equipamentos, veículos e aparelhos para produtores rurais. Os novos equipamentos são resultado de investimentos de R$ 4,5 milhões na estruturação e expansão do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) do governo federal.

Junto do governador Waldez Góes, o ministro entregou, ao lado do Trapiche Eliezer Levy, 12 caminhões e 3 embarcações para entidades de produtores de 15 municípios amapaenses: Amapá, Calçoene, Cutias, Ferreira Gomes, Itaubal, Laranjal do Jari, Santana, Macapá, Mazagão, Pedra Branca, Porto Grande, Pracuúba, Serra do Navio, Tartarugalzinho e Vitória do Jari. O escoamento da produção será dinamizada com os novos veículos.

Além dos produtores, as entidades responsáveis pelo programa no estado também foram reaparelhadas. O Instituto de Desenvolvimento Rural do Amapá (Rurap) ganhou 36 balanças de pequeno e grande porte (de até 300 kg), 160 caixas térmicas, 200 monoblocos plásticos e 100 paletes dupla face. A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR) e a Secretaria de Estado de Inclusão e Mobilização Social (Sims), foram equipadas com quatro picapes, de uso exclusivo do PAA.

“Com muito trabalho, nós conseguimos recuperar a confiança do governo federal e resgatamos esse recurso de R$ 4,4 milhões que já estava quase perdido. O MDSA confiou na competência dos nossos técnicos e por isso acabou botando mais R$ 4,4 milhões, que continuaremos a aplicar para fortalecer a agricultura familiar no Estado”, reforçou o governador Waldez Góes.

Osmar Terra também informou que o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) destinará R$ 6,9 milhões para incentivar a produção de 382 famílias extrativistas do Amapá. Os recursos são destinados para acesso à agua potável e outras medidas de saneamento básico nas propriedades destes produtores. O objetivo é dar mais segurança alimentar à produção, que deverá ser comprada via PAA.

Foto destaque: Marcelo Loureiro (Secom/divulgação)

Compartilhamentos