Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Uma tentativa de assalto acabou tirando a vida de uma jovem mãe de família no início da tarde desta terça-feira, 14, no Bairro Jardim Marco Zero, zona sul de Macapá.

Bruna Daniele Castro Pastana, de 26 anos, caminhava junto com sua mãe, Estela Pastana, pela Avenida Terra, no mesmo bairro, em direção à escola em que iria realizar a matrícula de um dos seus dois filhos.

Ao chegar em uma das quadras, considerada área perigosa na rua, as duas foram abordadas por dois indivíduos em uma bicicleta que pediram a bolsa de Bruna Daniele.

Bandido teria pensando que a vítima tentava reagir

Bandido teria pensando que a vítima tentava reagir. Foto: arquivo familiar

Jovem não resistiu aos ferimentos.

Jovem não resistiu aos ferimentos. Fotos: Olho de Boto

De acordo com a mãe da vítima, quando a moça nervosa ia entregar a bolsa, um dos criminosos, pensando que ela estava reagindo, desferiu uma facada em seu peito. A jovem caiu no chão e os bandidos acabaram fugindo sem levar nada. Quando uma ambulância chegou no local, Bruna já estava sem vida.

“Estávamos indo fazer a matrícula do menino, quando passamos eles já estavam na esquina, eu ainda avisei para não irmos, ela disse: mãe, vamos andar rápido! Quando vimos o rapaz correu com a faca e disse pra passar a bolsa. Ela ia passar, mas ele não esperou e furou ela e saiu correndo na bicicleta com o outro pra cá”, disse Estela Pastana, mãe de Bruna.

morta ao sair p fazer matrícula do filho

A Polícia Militar realiza diligências neste momento pelas áreas de ponte dos Congós. Segundo populares que testemunharam o crime, tratam-se de dois menores de idade moradores da região.

“Estamos nas áreas de ponte dos Congós para capturar os infratores. Essa é uma área conhecida pelos roubos que ocorrem. Infelizmente, hoje com uma vítima fatal”, lamentou o aspirante Alberto, do Batalhão de Rádio Patrulhamento Motorizado (BRPM).

Bruna Daniele Castro Pastana é também filha de José Eronildo, conhecido como “Munjoca”, liderança comunitária dos Congós e presidente da Federação do Conselho de Segurança de Bairros. Ela também atuava no conselho de segurança do bairro e participava de um grupo de capoeira.

Bruna Daniele atuava no conselho de segurança do bairro. Foto: arquivo familiar

Bruna Daniele atuava no conselho de segurança do bairro. Foto: arquivo familiar

A jovem deixa um casal de filhos: um menino de 7 anos e uma menina de 5 anos. A mãe, ainda muito abalada, comentou sobre os sonhos de Bruna que foram interrompidos.

“Minha filha era tão alegre, tinha tantos sonhos, queria realizar o sonho de estudar e dar o melhor para os seus filhos”, contou dona Estela.

Compartilhamentos