Compartilhamentos

De Oiapoque, HUMBERTO BAÍA

Uma operação do Ibama em águas do Parque Nacional do Cabo Orange, na costa do Amapá, resultou na apreensão de dois barcos pesqueiros e de mais de duas toneladas de pescado. As duas embarcações são do Pará.

A operação foi realizada esta semana durante vários dias. Os barcos não tinham permissão para pescar dentro da área do parque e estavam com as licenças de pesca vencidas.

Apenas barcos menores de Oiapoque podem exercer a atividade  dentro da unidade de conservação, por conta de um termo de ajuste de conduta (TAC) assinado entre a Colônia de Pesca A-7, Ibama e o Ministério Público Federal. Pelo acordo, somente 30 pequenos barcos podem pescar na área, desde que sejam de Oiapoque.

oiapoque pexie

Equipes transportam peixe apreendido. Fotos: Humberto Baía

O produto apreendido, a maioria pescada amarela, foi levado para a sede do município e passou por vistoria da Vigilância Sanitária para futura doação.  

“Recebemos a doação e buscamos as famílias já cadastradas em nossos sistemas para fazermos a distribuição do alimento”, explicou Marcelo Martins, secretário de Ação Social da prefeitura de Oiapoque. 

A operação foi realizada pelo Ibama com apoio do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMbio) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope).

No ano passado foram realizadas 3 operações no parque do Cabo Orange com 4 embarcações notificadas e quase 10 toneladas de pescado apreendido.

Compartilhamentos