Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A Polícia Militar definiu o esquema de segurança para o carnaval deste ano. Serão 2095 homens em todo o estado que estarão nas ruas entre os dias 24 e 28 para evitar e combater ações criminosas. Durante o desfile do bloco “A Banda”, que ocorre na terça-feira, 28, deverão atuar no trajeto 700 policiais. Além do efetivo, 120 viaturas e um ônibus estarão disponíveis para as operações.

No ônibus, plataformas elevadas serão utilizadas pelos policiais para facilitar a identificação de delitos ou acionar os demais policiais que estarão circulando entre os brincantes. Já nos eventos de grande aglomeração serão feitas abordagens nos foliões no trajeto dos festejos para evitar a existência de armas, garrafas de vidro e objetos que representem ameaça para os brincantes.

Policiais acompanharão blocos em Macapá e Santana. Foto: arquivo/SELESNAFES

Policiais acompanharão blocos em Macapá e Santana. Foto: arquivo/SELESNAFES.COM

Desde a última semana, festas carnavalescas de menor porte já tiveram o acompanhamento da Polícia Militar, como a última ocorrida na Praça Beira Rio, e o “Caldeirão folia”, no bairro Beirol. Nesses eventos, o fluxo de veículos foi orientado por policiais, enquanto que barreiras foram realizadas em pontos estratégicos da cidade.

“A intenção, como em todos os anos, é proporcionar um carnaval de paz e segurança para as famílias que vão brincar. Mesmo com o reforço policial nas festas, as rondas vão continuar para dar segurança aos demais moradores”, afirmou o assessor de comunicação da PMAP, capitão Alex Sandro Chaves.

Participam da operação de segurança, além da PM, o Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e Companhia de Trânsito e Transporte de Macapá (CTMac).

Compartilhamentos