Compartilhamentos

SELES NAFES

A Polícia Civil já tem certeza que o tiro que matou um homem de 25 anos na manhã deste sábado, 18, no Bairro do Buritizal, zona sul de Macapá, foi disparado por um oficial da Polícia Militar. O homicídio teria ocorrido depois de uma discussão. O acusado ainda não foi localizado.

O crime ocorreu por volta das 8h30min, em frente a um mercantil na Avenida Caramurú. Não há informações até agora sobre a motivação do crime. Segundo informações repassadas por testemunhas à Polícia Civil, houve uma discussão entre o oficial e Fernando da Silva e Silva.

Depois do bate-boca, o rapaz deixou o local caminhando, enquanto o policial militar foi até seu carro, uma Parati que estava estacionada a poucos metros. Do veículo, ele fez o disparo a uma distância de aproximadamente 15 metros. 

Local onde a vítima caiu morta. Fotos: Olho de Boto

Local onde a vítima caiu morta. Fotos: Olho de Boto

O tiro de pistola Ponto 40 acertou a cabeça da vítima que já caiu morta. Em seguida, o policial fugiu. O crime foi registrado por uma câmera de segurança do mercantil e as imagens já foram requisitadas pela Polícia Civil.

O delegado da Homicídios, Ronaldo Coelho, esteve no local do crime e viu as imagens.

“Ele foi reconhecido pelas imagens. Fomos até a casa do acusado, mas ele já tinha passado lá e pegado a família. Desapareceu”, comentou o delegado.

A Polícia Civil diz que não vai divulgar o nome do oficial da PM para não atrapalhar as investigações. 

Compartilhamentos