Compartilhamentos

OLHO DE BOTO

Policiais militares suspeitaram de dois elementos carregando um isopor na orla do Bairro Santa Inês, em Macapá, o que não chega a ser uma cena incomum para o lugar. Mas o faro policial dificilmente se engana. A cuba na verdade escondia objetos furtados de um carro. Os dois foram presos.

Bruno Darlan dos Santos, de 31 anos, é detento de prisão domiciliar, e já tem 7 passagens por furtos, roubos e outros crimes.

Jefferson Luan Reis Magalhães, 19 anos, o “Luanzinho”, também já seria conhecido da Polícia Militar.

“Esse age muito lá pelo Beco da CPA”, informou o sargento R.Gonçalves, da UPC do Araxá/Pedrinhas.

Os policiais estavam em patrulhamento normal na manhã desta quarta-feira, 22, por volta das 10h, quando avistaram a dupla. Dentro do isopor, os PMs encontraram um som automotivo, chave de rodas, chave de fendas e outros objetos.

Objetos escondidos dentro do isopor. Fotos: Olho de Boto

Objetos escondidos dentro do isopor. Fotos: Olho de Boto

“Estamos intensificando a fiscalização nessa área da CPA. Os dois indivíduos empreenderam fuga quando viram a gente. Esse material é típico de furto de veículos. Acreditamos que eles já sejam acostumados a cometer esses crimes aqui na Beira-Rio”, acrescentou o sargento.

Os dois foram entregues no Ciosp do Pacoval. Questionado sobre suas 7 passagens por delegacias, Bruno Darlan ironizou: “não são 7, são 1 mil passagens, eu!”.

Bruno Darlan, o mais velho, respondendo brincando com a reportagem

Bruno Darlan, o mais velho, respondeu brincando com a reportagem

Compartilhamentos