Compartilhamentos

SELES NAFES

Depois de alguns meses de paralisação por falta de recursos, as obras do novo Aeroporto Internacional de Macapá foram retomadas e já há orçamento garantido para continuar a construção este ano.

Apesar de mais de uma década entre paralisações e retomadas, o senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP), que acompanha a obra de perto, disse que o projeto original não está defasado, e será suficiente para a demanda de Macapá pelos próximos anos. Assista;

 

A obra começou em 2005 e deveria ter ficado pronta em 2008, se não fosse um escândalo de corrupção detectado na época pela Polícia Federal e Tribunal de Contas da União (TCU).

Depois de um longo hiato, a obra foi retomada no início de 2016, mas no final do ano perdeu o fôlego financeiro e parou de novo. Os trabalhos foram retomados em fevereiro de 2017. O orçamento da obra deve ser empenhado até junho e são de emendas impositivas da bancada federal do Amapá, num total de R$ 110 milhões.

Desse total, R$ 11,9 milhões já foram executados este ano na terraplanagem, sub-base, base do estacionamento, demolições, castelo d’água, drenagem do estacionamento, estacas das fundações de ampliações e infraestrutura da rede elétrica e eletrônica. A previsão é de que a obra termine em 2018.

Foto de capa: Seles Nafes

Compartilhamentos