Compartilhamentos

SELES NAFES

Um casal de Macapá passou um baita susto quando a picape em que viajava deslizou na lama e virou no trecho Sul da BR-156. O veículo trafegava a pouco mais de 30 km/h, segundo uma das vítimas.

O acidente ocorreu na última terça-feira, 21, próximo da Reserva Extrativista do Jari, a mais de 50 quilômetros da entrada do município de Laranjal do Jari, onde também começa a BR-156.

O casal de empresários Rafaela e Joabe Lima estava com mais duas pessoas no banco de trás indo para a região do Jari quando o carro começou a patinar.

“Eu vinha lento. Por volta das 13h30min, dez quilômetros após o Cajari, a estrada estava mais lisa ainda. Não passava de 40 km por hora, porque senti que a caminhonete estava dançando”, lembra o empresário.

Passageiros foram socorridos sem ferimentos graves. Fotos: Joabe e Rafaela Lima

Passageiros foram socorridos sem ferimentos graves. Fotos: Joabe e Rafaela Lima

O carro bateu no barranco e virou. Os passageiros ficaram presos no carro, mas foram socorridos com ferimentos leves pelo motorista de uma ambulância que seguia logo atrás e viu tudo acontecer.

O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Fábio Vilarinho, alerta para as condições perigosas da BR. Segundo ele, é impossível realizar qualquer reparo no trecho enquanto estiver chovendo.

“Está muito liso mesmo, e ficará 10 vezes pior se fizermos alguma intervenção”, informou. Por enquanto, segundo ele, não há atoleiros. O trecho é o que mais será asfaltado este ano pelo Exército depois de um acordo firmado na semana passada entre o governo do Estado e o Dnit.

Compartilhamentos