Compartilhamentos

DA REDAÇÃO

A greve nacional dos trabalhadores da educação, que ocorrerá entre os dias 15 e 18 de março, levou ao adiamento em uma semana do início do ano letivo da rede municipal de ensino de Macapá. A previsão de começo das aulas da educação básica, de responsabilidade da prefeitura, era o dia 13.

Os profissionais das unidades de ensino decidiram aderir ao movimento em assembleia do Sindicato dos Servidores Públicos em Educação no Amapá (Sinsepeap), realizada no último dia 4.

escola municipal macapá

Educação básica tem trabalho direcionado para crianças da educação infantil. Fotos: arquivo/SELESNAFES.COM

Foi deliberado pela Secretaria Municipal de Educação que a nova data do começo das aulas será o dia 20 de março.

“Respeitando o direito legal de manifestação da classe e compreendendo a responsabilidade das escolas em relação ao ensino-aprendizagem dos alunos, é que a Semed decidiu adiar o início do ano letivo, com a garantia de que todos os esforços estão centrados para manter em dia o calendário escolar”, afirmou a secretaria em nota.

De competência do Município, a educação básica tem seu trabalho direcionado para crianças da educação infantil, a partir de 4 anos de idade, e do ensino fundamental, a partir de 6 anos, que estão ingressando pela primeira vez nos estudos e que necessitam de um período de acolhimento sequencial na escola, para devida adaptação.

Compartilhamentos