Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

Jovens e adultos da Igreja Adventista do Sétimo Dia estão incentivando a doação de sangue durante toda esta semana com o projeto “Vidas por Vidas”. Na manhã desta segunda-feira, 13, o projeto iniciou no Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) e surpreendeu pela procura de doadores.

“A gente esperava 10 pessoas, mas 25 apareceram. Nós conseguimos um bom resultado e uma aceitação muito boa. O importante é que a igreja abraçou a causa, mas tinha outras pessoas doando sangue também”, frisou a jovem adventista, Nayara Lopes.

Adultos e jovens da igreja foram doar sangue. Fotos: Kaick Vasconcelos

Adultos e jovens da igreja foram doar sangue. Fotos: Kaick Vasconcelos

O projeto é uma iniciativa voluntária promovida pelos Jovens Adventistas desde 2005, e tem como foco contribuir com os hemocentros através do incentivo à doação de sangue durante o período da Páscoa.

A estudante e adventista Lígia Tamirez (foto em destaque), 19 anos, foi uma das que aderiu a boa causa. Ela já tinha o desejo de doar sangue, mas tomou a iniciativa com o projeto da igreja. Ela chegou a passar mal após realizar a primeira doação.

“Eu aproveitei a ação da igreja pra doar. Como nunca tinha doado antes, passei mal, mas disseram que era normal e ajudei um pouco. Quero voltar mais vezes não só pela ação, mas para ajudar ao próximo”, disse a estudante.

Projeto Vidas por Vidas

Projeto Vidas por Vidas ocorrerá ao longo de toda a semana no Hemoap

Os jovens do projeto têm como missão de que a doação ajuda não só na solidariedade ao próximo, mas também na conscientização da responsabilidade social, além do gesto ser um ato de amor.

Os adventistas estarão durante toda a semana no Hemoap até às 12h falando do projeto e pedindo mais doações de sangue. A proposta é fazer a ação de três em três meses no Amapá.

Compartilhamentos