Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Uma enchente em Laranjal do Jarí, no sul do Amapá e distante 256 quilômetros de Macapá, inunda casas e deixa famílias desalojadas. A prefeitura pensa em decretar estado calamidade. Segundo o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) e a Defesa Civil Municipal que trabalham juntos na crise na manhã desta quarta-feira, 22, o nível do Rio Jari alcançou a marca de 2,10 metros e está acima do normal.

Cerca de 50 casas já foram atingidas, mas esse número pode aumentar, segundo o CBM de Laranjal do Jari. As famílias que moram nos bairros onde a situação está pior foram retiradas e enviadas à casa de parentes. Cinco delas estão em um abrigo improvisado na sede dos Servidores Públicos do Município.

Bombeiro e Defesa Civil tem ajudado famílias atingidas. Fotos: reprodução/Whatsapp

Bombeiros e Defesa Civil tem ajudado famílias atingidas. Fotos: reprodução/Whatsapp

GCMJ ajuda n retirada de objetos de casas atingidas

Moradores retirados dos bairros afetados vão para a casa de parentes ou abrigo improvisado pela prefeitura

Na sexta-feira passada, 17, segundo o comandante do CBM, Laurindo Junior, o rio já apresentava alta. Na régua usada pela Defesa Civil Municipal para medir a altura do nível da água mostrava a marca de 1,80 metros.

“Mais de um bairro está sendo prejudicado porque a beira da cidade tem um formato de ‘U’, então os bairros mais baixos é que estão sendo mais atingidos”, explicou o comandante.

Nível da água invade casas em pelo menos bairros

Nível da água invade casas em pelo menos dois bairros

Régua da Defesa Civil, suada para marcar nível da água

Régua da Defesa Civil, suada para marcar nível da água

A Guarda Civil Metropolitana do Jari está auxiliando na retirada de móveis e outros pertences das casas das famílias e informou que os Bairros Marilândia e Três Irmãos foram os mais atingidos até agora.

A prefeitura estuda a possibilidade de decretar estado de calamidade publica já que não dispõe de recursos para auxiliar as famílias e a Defesa Civil Municipal.

“Precisamos de algo legal para dar lisura no processo de pedido de verba para ajudar a cidade”, informou a chefe de gabinete Tanira Barbosa.

Dezenas de moradores sofrem com consequências da alta do Rio Jari

Dezenas de moradores sofrem com consequências da alta do Rio Jari

Imagens que circulam em grupos de Whatsapp mostram as águas transbordando por cima da barragem de Santo Antonio. Devido a falta de uma comporta, a água não tem para onde escoar e acaba transbordando. Veja o vídeo.

Vez ou outra a cidade sofre com enchentes. A última aconteceu em 2014 e deixou centenas de pessoas desalojadas.

Compartilhamentos