Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A prefeitura de Macapá já iniciou tratativas para que os tradicionais pedalinhos da Praça Floriano Peixoto sejam administrados por uma empresa privada. Atualmente, a atração foi retirada do lago da praça. Será feito um estudo para avaliar a possibilidade de cobrarem um valor pela manutenção dos cisnes.

Lago está sem atração com os pedalinhos em manutenção. Fotos: Cássia Lima

Lago está sem atração com os pedalinhos em manutenção. Fotos: Cássia Lima

A manutenção dos 5 pedalinhos da praça é feita pela Secretaria Municipal de Manutenção Urbanística (Semam) e Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semdec). Mas o uso dos cisnes exige uma manutenção semanal.

“É um uso contínuo que muitas vezes sofre depredação. Por isso estudamos a possibilidade de ser administrado por uma empresa que cobraria um valor irrisório para garantir a manutenção”, frisou o secretário desenvolvido econômico, Lucas Abraão.

Segundo ele, toda vez que os cisnes passam por reforma não duram uma semana. Em alguns casos, picham, furam e até quebram os pedais que movimentam o atrativo.

Empresa cobraria pequena taxa para custear os reparos

Empresa cobraria pequena taxa para custear os reparos

No momento, a prefeitura de Macapá aguarda a chegada de novos cinco pedalinhos com material mais resistente para a praça, eles estão sendo fabricados no estado de Minas Gerais.

Após a chegada, as secretarias responsáveis irão fazer reuniões e tratativas para uma licitação que deve administrar os pedalinhos.

A meta é quem com a mudança, os cisnes da praça sejam de uso constante, que é o que não ocorre no momento.

Compartilhamentos