Compartilhamentos

De Santana, FERNANDO SANTOS

Para tratar sobre o ensino em tempo integral, nesta quinta-feira, 16, uma equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação (Seed), esteve na Escola Estadual Alberto Santos Dumont, localizada no Bairro Elesbão, em Santana, município a 17 km de Macapá. Juntamente com representantes de associações, conselhos comunitários, docentes, entre outros, a Seed realizou uma reunião ampliada e apresentou o funcionamento da escola no novo modelo de ensino, sua metodologia, segurança interna e externa e frisou aos pais e a comunidade presente sobre o apoio necessário para incentivar os jovens a participarem do sistema de ensino que trabalha com uma carga horária de dois turnos ao longo dia.

Novo modelo de ensino foi apresentado para a comunidade em reunião. Fotos: Fernando Santos

Novo modelo de ensino foi apresentado para a comunidade em reunião. Fotos: Fernando Santos

A política de implantação da metodologia é fomentada pelo Ministério da Educação (MEC), que subsidia as escolas que estão recebendo a nova reformulação de ensino em todo o Brasil. A Coordenadora da Equipe de implantação da Escola em Tempo Integral, Carla Beatriz, explicou como funciona a metodologia em cada escola.

“O projeto político-pedagógico não é do sistema de ensino integral, cada escola elabora o seu de acordo com as modalidades de ensino e os projetos adotados pela mesma, então as escolas vão inserir a matriz de ensino integral no projeto já existente”, disse Carla Beatriz.

Carla Beatriz:

Carla Beatriz: ensino integral é aplicado na matriz já existente na escola

A secretária adjunta de apoio à gestão da Seed, Keuli Baía, falou das formas que o ensino vai funcionar e da diferença na qualidade do novo método.

“O objetivo final da nova metodologia é ampliar o conhecimento técnico de cada usuário, mas, além disso, prepará-lo para uma responsabilidade social”, comentou a secretária adjunta.

Keuli

Keuli Baía: educação dando responsabilidade social para o aluno

“A qualidade já inicia pelo tempo que o estudante estará na escola, ele irá entrar às 07:30 da manhã, irá sair às 17:00. Não terá apenas as disciplinas regulares do curso, como também outras alternativas, que são disciplinas que proporcionam a ele, um melhor preparo  não apenas técnico, mas também um preparo para a vida”, disse Keuli Baia, secretária adjunta de apoio à gestão.

Raimundo de Moraes Santos, presidente da Associação de Moradores do Elesbão, falou da importância da nova escola e o incentivo para a região, que geralmente não participa de grandes projetos.

escola em tempo integral Santana (5)

Raimundo de Moraes: comunidade do Elesbão foi agraciada com escola em tempo integral

“Venho há muito tempo buscando melhorias pra nossa comunidade, e acabamos sendo escolhidos pelo governo do Estado a ter essa grande oportunidade de receber esse sistema para as nossas crianças, com um local onde eles estejam mais assegurados, pois estão muito soltos, e com esse horário integral a comunidade só tem que agradecer ao governo por ter implantado nesse bairro”, destacou o presidente da associação de moradores do Elesbão.

Para interessados, ainda estão disponíveis vagas para pessoas que moram nos arredores do colégio e aos interessados da Ilha de Santana, pois haverá transporte fluvial e terrestre para os mesmos.

Compartilhamentos