Compartilhamentos

CÁSSIA LIMA

A Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Amapá (Sejusp) comemora a diminuição nas estatísticas do carnaval 2017 comparado com anos anteriores. Além do baixo número de abordagens, ocorreram menos crimes.

Ao todo, foram 1,2 mil agentes públicos, cerca de 400 em Santana e 800 policiais em Macapá. Em Santana, os dados apontam que o número de pessoas abordadas caiu de 1,15 mil em 2016 para 715 em 2017.

Operação de carnaval obteve resultados positivos. Foto: Olho de Boto

Operação de carnaval obteve resultados positivos. Foto: Olho de Boto

No ano passado foram registradas duas agressões contra pm’s em Santana e foram apreendidas 23 armas brancas. Já este ano não houve agressão policial e 17 armas brancas foram recolhidas pela polícia.

Em Macapá foram mais de 1,5 mil abordagens, 114 autuações a condutores embriagados e 4 acidentes graves registrados. Além disso, foram cumpridos 3 mandados de prisão e o número de agressões graves chegou a 29. Em 2016, esses índices tiveram o dobro de ocorrências.

“Nós fizemos um planejamento minucioso para coibir as ocorrências policiais. E tudo foi um sucesso daquilo que já foi o carnaval. Tivemos muitos policiais trabalhando disfarçados. E um número de barreiras policiais maiores”, frisou o secretário de Segurança Pública, Ericláudio Alencar. 

Compartilhamentos