Compartilhamentos

ANDRÉ SILVA

Cerca de 280 servidores da Secretaria de Estado da Educação (Seed), ainda não realizaram o recadastramento mesmo depois de terem tidos seus salários de janeiro bloqueados. A Secretaria de Estado da Administração (Sead) informou na tarde desta sexta-feira, 10, que ainda aguarda pelos retardatários. Na segunda-feira, 13, começa o recadastramento dos demais órgãos do Estado.

No dia 23 de fevereiro, a Sead informou que dos 11.326 servidores efetivos da Educação, 534 não haviam atualizado suas informações até o período determinado pelo governo que encerrou no dia 9 de dezembro. Dias depois, 220 servidores retardatários compareceram na secretaria e preencheram o formulário e tiveram sua situação regularizada.

“As desculpas foram as mais variadas possíveis. Tem servidor que está atuando regularmente, mas que não acreditou no processo. Ele achou que estávamos captando as informações e que não iríamos tratá-las, então pensou que não iríamos sentir falta deles. Tem servidores que estavam cem por cento regulares e optaram por não fazer essa atualização”, frisou a secretária Suelen Amoras.

sead suelen 1

Suelen Amoras, secretária de Administração: desculpas foram variadas dos retardatários. Foto: André Silva

Muitos servidores que tiveram os salários bloqueados na primeira parcela do pagamento que aconteceu no dia 24 de fevereiro e compareceram à secretária, já tiveram seus vencimentos desbloqueados e já recebem normalmente nesta sexta-feira.

Amoras informou que os servidores que não comparecerem à secretaria para atualizar seus dados terão seus processos enviados para Controladoria Geral do Estado.

Saúde

A Sead informou que até esta quinta-feira, 9, que dos 5.800 servidores da Saúde, 450 não compareceram para preencher o formulário. A secretaria está reunindo os dados dos formulários e vai tentar localizar esses servidores que não compareceram.

Demais órgãos

A atualização dos demais servidores lotados em outros órgão do governo inicia nesta segunda, 13, e vai até o dia 19 de março. A Sead acredita que cerca de 9 mil servidores farão a atualização e informou que a partir do dia 20  estará realizando visita em cada um desses órgãos para ver se os trabalhadores estão nos locais de trabalho informado.

“Teremos todo o cuidado com aquelas pessoas que estão legalmente afastados de suas funções e os que estão de férias não precisam se preocupara porque ele está de forma regular, então após o termino de férias ele comparece e sana essas informações”, esclareceu a secretária.

Compartilhamentos